O GOVERNO DO ESTADO REALIZA I FEIRA DE EMPODERAMENTO ROSA, ATENDENDO MAIS DE 3 MIL PESSOAS

O Governo do Maranhão, através da Secretaria de Estado do Trabalho e da Economia Solidária (Setres), apresentou a primeira Feira do Empoderamento Rosa, que aconteceu entre dias 21 a 23 de outubro, no Shopping da Ilha, em São Luís.

O evento teve por objetivo dar visibilidade à causa da prevenção ao câncer de mama, além de inserir mulheres em situação de vulnerabilidade no mercado de trabalho. “A feira teve como objetivo atender todas as mulheres em situação de vulnerabilidade. Foram mais de 23 stands, 100 carteiras de identidade emitidas no local, palestras, encaminhamentos para o mercado de trabalho e mais de 150 pessoas atendidas pelos serviços do SINE, totalizando mais de 3 mil pessoas presentes no evento, sendo beneficiadas pelo aparato do Governo do Estado”, ressaltou a supervisora estadual do SINE, Brígida Santos.

A feira foi voltada para as mulheres empreendedoras do Maranhão, que passam ou passaram por tratamento de câncer ou por algum outro tipo de trauma, como a violência doméstica ou egressas do sistema prisional; mulheres que têm algum negócio ou aptidão para produzirem algum produto ou desenvolver serviço com fins lucrativos.

Para o gestor da Setres, Jowberth Alves, essas iniciativas são essenciais para a emancipação da mulher em nosso estado. “É primordial promovermos o acesso aos equipamentos do estado pelas mulheres que se encontram em situação de vulnerabilidade. Assim, asseguramos a dignidade de nossas trabalhadoras e colaboramos para um Maranhão mais justo e com oportunidades para todos e todas”, frisou o secretário.

 

Sancionada lei que institui sistema de avaliação de políticas públicas

 

O governador Flávio Dino (PSB) sancionou a Lei 11.630/2021, originária do Projeto de Lei 495/2021, de autoria do Poder Executivo, que dispõe sobre o Sistema de Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas do Estado do Maranhão.

Na mensagem de encaminhamento do PL à Assembleia, Flávio Dino justifica que a matéria visa melhorar a qualidade do gasto público, subsidiar a definição dos tetos orçamentários e a revisão dos planos plurianuais, além de valorizar as boas práticas de gestão e desenvolver capacidades técnicas para monitoramento e avaliação de políticas públicas.

“Tão importante quanto a formulação, é fundamental a estruturação de meios destinados a aprimorar o monitoramento e a avaliação das políticas públicas voltadas à melhoria da qualidade de vida da população maranhense. A proposição implica mudança efetiva em direção à Gestão Orientada para Resultados (GpR), metodologia preconizada pela nova gestão pública”, afirma o governador.

De acordo com a lei, o Poder Executivo, sob a coordenação da Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento, definirá ações que fortaleçam a cultura de evidências na gestão pública e que sejam necessárias ao funcionamento do Sistema de Monitoramento e Avaliação.

EMSERH abre nova seleção com ganhos de até R$ 17,7 mil

Emserh lança editais com salário de até R$ 17 mil no Maranhão - Portal MA98

A EMSERH (Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares) está com três editais de seleção simplificada publicados, sob os números 18, 19 e 20/2021. Com isso, o processo seletivo EMSERH preencherá um total de 428 vagas.

O quantitativo informado acima está considerando que são 107 postos imediatos e 3 vezes o total dessas vagas (321) para formar cadastros de reserva.

Há oportunidades pelo regime celetista para candidatos dos níveis médio (com CNH “B”), médio técnico (com registro no COREN) e superior (diversas graduações). As remunerações brutas iniciais são de R$ 3.570,00 a R$ 17.780,00, com jornadas de até 40 horas semanais.

Edital 18/2021

No edital 18/2021, há 20 vagas disponíveis no cargo de Motorista (ensino médio com CNH “B”). A remuneração bruta será de R$ 3.570,00, composta pelo vencimento básico, a insalubridade, a dedicação exclusiva e o adicional de interiorização. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais.

Os profissionais serão lotados nas regiões de saúde de: Açailândia, Bacabal, Balsas, Barra do Corda, Caxias, Chapadinha, Codó, Imperatriz, Itapecuru-Mirim, Pedreiras, Pinheiro, Presidente Dutra, Rosário, Santa Inês, São João dos Patos, Timon, Viana e Zé Doca.

Edital 19/2021

No edital 19/2021, as 12 vagas imediatas de Técnico em Enfermagem existentes estão distribuídas para as regiões de saúde de: Bacabal, Chapadinha, Codó, Itapecuru-Mirim, Pinheiro, Pinheiro (Metropolitana), Rosário, Santa Inês, São João dos Patos, Timon e Viana.

Os Técnicos em Enfermagem receberão mensalmente o valor bruto de R$ 5.134,44, para jornadas de 40 horas semanais.

Edital 20/2021

Por último, as 75 vagas imediatas do edital 20/2021 estão destinadas às regiões de saúde de: Açailândia, Bacabal, Balsas, Barra do Corda, Caxias, Chapadinha, Codó, Imperatriz, Itapecuru-Mirim, Pedreiras, Pinheiro, Presidente Dutra, Rosário, Santa Inês, São João dos Patos, Timon, Viana e Zé Doca.

Todos os cargos disponíveis nesse edital são para profissionais de nível superior, nas seguintes graduações: Assistente Social, Educador Físico, Enfermeiro, Farmacêutico, Médico, Nutricionista, Psicólogo e Terapeuta Ocupacional.

Os valores remuneratórios brutos variam de R$ 6.220,00 a R$ 17.780,00, com jornadas entre 20 e 40 horas semanais.

Inscrições no processo seletivo EMSERH

As inscrições para a seleção EMSERH devem ser realizadas no site do IASD (Instituto de Assessoria, Seleção e Desenvolvimento Científico e Social), organizador do certame, de 27 de dezembro a 03 de janeiro de 2022.

A taxa de inscrição será de R$ 40,00 (nível médio), R$ 55,00 (nível técnico) ou R$ 82,00 (nível superior).

Processo seletivo EMSERH: etapa

O processo seletivo, por ser extremamente simplificado, constará somente de avaliação curricular de títulos e da experiência profissional. Vale destacar que haverá pontuação adicional aos candidatos da área de saúde que atuaram diretamente no combate à COVID-19.

Para maiores detalhes, consulte o edital de seu interesse, diretamente no site oficial do IASD. Havendo dúvidas adicionais, entre em contato pelo WhatsApp: (98) 98505-3514 e por e-mail: [email protected]

Com mais de 47 emendas, Câmara de São Luís aprova LOA no valor de R$ 3,6 bilhões para 2022

 

A Câmara Municipal de São Luís aprovou durante a última sessão plenária do ano, o Projeto de Lei n.º 274/21 que versa sobre a Lei Orçamento Anual (LOA) para 2022, com previsão de receitas da ordem de R$ 3,6 bilhões. Durante a sessão, foi apresentado um total de 57 emendas, destas sete foram rejeitadas pela Comissão de Orçamento, Finanças, Planejamento e Patrimônio Municipal (COFPPAM), mas somente uma, de autoria co-vereador Jhonatan Soares – do Coletivo Nós (PT), teve pedido de destaque em votação e acabou sendo aprovada.

A proposta trata sobre a transferência de recursos da Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) à Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas) visando alocar recursos para garantir reajuste salarial dos conselheiros tutelares.

No plenário Simão Estácio da Silveira, os vereadores votaram contra uma emenda de autoria do vereador Antônio Marcos Silva – o Marquinhos (DEM) que visava garantir na peça orçamentaria um reajuste de 7,4% no salário dos servidores municipais. De todas as emendas apresentadas, somente 47 foram aprovadas.

O vereador Osmar falou sobre a aprovação da LOA. “Foi uma sessão democrática e destaco essa proposição importante, que tem como finalidade proporcionar o bem ao Município de São Luís. A aprovação da peça orçamentaria é mais compromisso desta Casa com a população dessa cidade”, afirmou.

Ao encaminhar pela rejeição da emenda que tentava garantir reajuste salarial aos servidores municipais, o vereador Dr. Gutemberg Araújo (PSC) disse que a proposta cria uma falsa expectativa.

“O plenário desta Casa é soberano, mas eu não posso aprovar uma proposta que visa criar uma falsa expectativa nos servidores. Todas as questões que tratam de orçamento são privativas do Executivo”, frisou.

“Vitória dos conselheiros”

Entre os incrementos sugeridos pelo co-vereador Jhonatan Soares, do Coletivo Nós (PT), estão à alocação de recursos para garantir reajuste salarial dos conselheiros tutelares.

Para isso, o parlamentar apresentou uma emenda pedindo a transferência de recursos da Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) à Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas).

Os recursos que sairiam da pasta poderiam possibilitar investimentos para incrementar os subsídios destes mais de 50 trabalhadores. Ao comentar a aprovação da proposta, Jhonatan Soares destacou que essa foi uma “vitória dos conselheiros tutelares”.

Recorde de emendas

Ao texto original, enviado pelo Poder Executivo, foram apresentadas 57 emendas. Destas, 50 foram acatadas pelo relator, vereador Thyago Freitas (DC), mas somente 47 emendas delas foram aprovadas em plenário. Destas, somente são duas aditivas e as demais foram modificativas.

Os  vereadores, apenas oito apresentaram sugestões ao texto da proposta. Após aprovação em plenário, a peça orçamentária será enviada para sanção do prefeito Eduardo Braide (Podemos).

GOVERNO ENTREGA REVITALIZAÇÃO DA PRAIA DO BONFIM, EM SÃO LUÍS

Nesta quinta-feira (30), às 16h, será inaugurada a revitalização da orla da praia do Bonfim, localizada na área Itaqui-Bacanga, em São Luís. O local, mais conhecido como Prainha, foi completamente urbanizado pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid).

A iniciativa tem o objetivo de garantir um local com infraestrutura adequada para o lazer da comunidade e visitantes, promovendo a valorização da área e desenvolvimento econômico do local. A obra orçada em R$ 6.941.713,91 contemplou a construção de calçadão, quiosques, área de caminhada, praça com playground, sistema de iluminação em LED, equipamentos de ginástica, quadra poliesportiva, píer e palco para eventos.

O secretário da Secid, Márcio Jerry, destacou a importância da obra. “Essa é mais uma obra importante do governador Flávio Dino em São Luís. A urbanização da Praia do Bonfim vai dar uma nova paisagem para área que é naturalmente muito bonita. Uma expansão urbanística que é também um ativo para o setor turístico, incentivando o lazer, esporte e a geração de trabalho e renda para a população”. afirmou.

O evento contará com a participação do governador Flávio Dino e na programação terá atividades culturais e infantis, além de exposição de artesanato, campeonato de futebol e queima de fogos.

Prefeito Eduardo Braide vistoria obras do programa Escola Nova em São Luís

A gestão do prefeito Eduardo Braide está reestruturando toda a rede municipal de ensino. Por meio do programa Escola Nova, dezenas de escolas já foram ou estão sendo reformadas para garantir o retorno seguro de professores, alunos e toda comunidade escolar às salas de aulas. Nesta quarta-feira (29), ele vistoriou diversas unidades que estão passando por obras para garantir todas as condições necessárias para o início do Ano Letivo de 2022.

“Logo no início da nossa gestão, lançamos o programa Escola Nova para reestruturar e modernizar a nossa rede municipal de ensino. Ao longo de 2021, reinauguramos diversas escolas e estamos encerrando o ano com dezenas de unidades de ensino sendo reformadas ao mesmo tempo, recebendo todas as intervenções estruturais necessárias e sendo adaptadas aos novos protocolos sanitários para o início do Ano Letivo 2022 aconteça de forma segura e nossos alunos e professores tenham condições dignas de voltarem às salas de aula”, destacou o prefeito Eduardo Braide.

A série de vistorias realizadas nesta quarta-feira (29) foi acompanhada pelo secretário Municipal de Obras e Serviços Públicos, David Col Debella, e equipe técnica da Semosp, responsável pelas obras que estão sendo executadas em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed).

“A gestão do prefeito Eduardo Braide está realizando um amplo cronograma de obras na rede de ensino. As escolas estão passando por reformas estruturais para a correção de problemas antigos que comprometem a segurança dos alunos, professores e demais funcionários. Além disso, as unidades também estão sendo modernizadas para receber de forma mais confortável a comunidade escolar. São diversas escolas em obras ao mesmo tempo para melhorar a qualidade do ensino na cidade”, informou David Col Debella.

A primeira escola vistoriada foi a Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Menino Jesus de Praga, no Planalto Vinhais II. Com mais de 20 anos de construção, a escola apresentava problemas que impossibilitavam os estudantes da prática esportiva e atividades lúdicas. Com 680 alunos matriculados, a escola tem Ensino Fundamental I e II e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Em seguida, foram vistoriadas as U.E.B.s Olinda Desterro, na Vila Vicente Fialho, que atende a cerca de 600 estudantes; a Dra. Maria Alice Coutinho, no Turu, que tem capacidade para atender a mais de 1.500 estudantes; e a Professor Nascimento de Morais, uma das maiores do bairro Cidade Operária, que tem capacidade para cerca de 1000 alunos.

Em todas as unidades em reforma, a Prefeitura de São Luís está executando reforma completa de toda a estrutura física. Entre os serviços realizados, estão pintura interna e externa, instalação de calha pluvial, retelhamento, novas instalações elétricas e hidrossanitárias, recuperação do piso, nova iluminação, novo forro de PVC, revisão das esquadrias, troca de janelas e fechaduras, instalação de corrimão nas escadas, além de poda e capina.

As unidades de ensino também serão totalmente climatizadas com a instalação de ar-condicionado em todas as salas de aula e demais dependências. Para garantir acessibilidade total, as unidades serão adaptadas para receber adequadamente os alunos com deficiência.

 Quando forem reinauguradas, as escolas terão novo mobiliário, computadores com acesso à internet, nova biblioteca, salas de recurso para a execução de atividades pedagógicas que potencializem as habilidades de crianças que tenham transtornos do espectro autista.

Cuidados sanitários

Outra medida importante que tem sido tomada pela gestão do prefeito Eduardo Braide é a adaptação das unidades de ensino aos novos protocolos sanitários para prevenção da Covid-19 e síndromes gripais. Por isso, todas as escolas estão recebendo sinalização horizontal para organizar o fluxo de pessoas, evitando aglomerações, além da instalação de placas informativas com os protocolos sanitários que devem ser seguidos como o uso obrigatório de máscaras em todas as atividades pedagógicas. Também estão sendo instalados dispensers para álcool em gel e estações para lavagem das mãos.

 

Homem negro é torturado em supermercado do Grupo Mateus no interior do MA após suspeita de furto

 

Giro News | Supermercado | Mateus Mira em IPO

A Polícia Civil do Maranhão prendeu ontem quatro funcionários que prestam serviço ao Grupo Mateus por manter um homem negro sob ameaças, tortura psicológica e cárcere privado por quatro horas dentro de um almoxarifado de um supermercado da rede em Santa Inês, no interior do Maranhão.

Foram presos os fiscais de prevenção de perdas do supermercado Lucas Rocha e Levi Araújo, o vigilante Willamy Antonio e e o subgerente do supermercado, Wellington Rodrigues. O UOL entrou em contato com a defesa dos funcionários, mas ainda não houve retorno dos advogados até a última atualização desta reportagem.

A vítima, de 35 anos, havia comprado dois quilos de frango, às 8h de ontem, e saía com a sacola com o produto e a nota fiscal, depois de pagar pelos itens no caixa. As imagens da câmera de segurança do supermercado flagram a abordagem de um segurança no momento em que o homem deixava o supermercado. Ele foi conduzido por uma escada até o setor de gerência do supermercado. Lá, foi fotografado e levado ao almoxarifado, nos fundos da loja. Segundo o relato prestado na delegacia da cidade, ele foi algemado e amarrado com um pedaço de fio metálico a uma barra de ferro por ao menos quatro horas. Nesse período, ele foi ameaçado por seguranças, inclusive com arma de fogo, para que confessasse um suposto furto.

Local onde homem negro foi algemado e mantido sob cárcere privado em supermercado do Grupo Mateus, no Maranhão - Divulgação

“Os funcionários, em vez de realizarem o procedimento legal de acionamento da Polícia Militar ou da Polícia Civil, para que ele fosse conduzido e autuado pelo crime de furto, o que eles fizeram foi amarrá-lo, praticar tortura psicológica e ainda tortura física, porque ele foi mantido amarrado em uma barra de ferro, em pé, por quatro horas”, disse o delegado Allan Santos, de Santa Inês.

Segundo o delegado, pelas imagens, é possível ver que a vítima carregava duas sacolas, uma delas com o frango e outra com itens diversos -não é possível constatar, no entanto, que esses objetos tenham sido furtados do supermercado ou se já estavam com o homem.

Somente por volta das 14h, Raimundo foi solto pelos funcionários levando apenas o frango. Ele foi para casa e, em seguida, registrou um boletim de ocorrência. Policiais civis foram até o supermercado e levaram os envolvidos à delegacia. “Chegamos ao supermercado e encontramos as pessoas que ele [Raimundo] apontou como autores dos crimes. Havia mesmo um almoxarifado, que era usado para depósito de eletrônicos. Também encontramos, na sala de monitoramento de vídeo, a algema utilizada, e, no local onde ele apontou, encontramos o fio elétrico cortado utilizado para amarrar a algema na estrutura metálica onde ele ficou”, completou.

Segundo a polícia, diante dos elementos encontrados e do pouco tempo entre a denúncia e o horário do fato, houve a caracterização de flagrante e os funcionários foram autuados por tortura e cárcere privado, e depois encaminhados à Unidade Prisional de Ressocialização de Santa Inês.

Em relação ao suposto crime de furto direcionado à vítima, a polícia diz que ainda precisa de investigação. “Mesmo que tivéssemos a informação que ele praticou efetivamente o furto, não poderíamos dar a voz de prisão porque não havia mais a situação de flagrante devido o lapso de tempo entre o suposto fato e a denúncia.”

Não é a primeira vez que um caso de truculência de seguranças do Mateus é registrado na polícia. Em julho, Jacqueline Debora Costa de Oliveira, de 42 anos, denunciou que foi torturada dentro do Mix Mateus do Araçagy, em São Luís. A cliente relatou que apanhou porque foi confundida com uma integrante de uma quadrilha de roubo de produtos, mas nada foi encontrado em sua bolsa. O caso ainda é investigado.

GOVERNO DO MARANHÃO INVESTE EM POLÍTICAS DE ATENÇÃO À PESSOA IDOSA EM IMPERATRIZ

O Governo do Maranhão, ao longo dos últimos anos, é o cuidado e a atenção com as pessoas, e não seria diferente com os idosos. Em 2021, junto com a batalha contra a pandemia, o Governo entregou equipamentos públicos importantes para a manutenção da saúde dessa fatia da população, como o Centro da Pessoa Idosa, entregue em Imperatriz neste mês de dezembro.

As adequações do prédio do antigo Centro Social foram realizadas pela AgemSul em parceria com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sociais (Sedes) e com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Com essa união de forças, a Sedes e a SES oferecerão serviços socioassistenciais e de saúde no Centro da Pessoa Idosa, por meio da Secretaria Adjunta de Assistência Social (SAAS) da Sedes e da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh).

O Centro da Pessoa Idosa tem âmbito regional sendo porta de entrada para a pessoa idosa que vive situações de vulnerabilidade decorrentes do ciclo de vida, das fragilidades dos vínculos familiares e comunitários, das condições socioeconômicas e do frágil ou nulo acesso a políticas públicas. A unidade contribuirá com a melhoria da sua qualidade de vida, com o fortalecimento da autoestima, da saúde física e mental dos idosos atendidos. Com essa finalidade é possível compreender o tamanho da importância do Centro e a preocupação e empenho da gestão estadual para entregar mais esse equipamento para o povo maranhense.

 

Prefeitura de São Luís encerra programação cultural do “Natal da Esperança” com várias atrações no Centro Histórico

Ludovicenses de várias partes da cidade se reuniram no Largo do Carmo, no Centro Histórico, para prestigiar a festa de encerramento do “Natal da Esperança”. No palco, atrações infantis e grandes cantores locais, fechando com êxito o primeiro ano da programação da Prefeitura de São Luís. O prefeito Eduardo Braide, acompanhado dos filhos Maria Antônia e Luís Eduardo, também prestigiou o encerramento e saudou o público presente. A decoração natalina segue até o dia 6 de janeiro de 2022.

 “Estamos encerrando uma festa muito bonita, que teve cada detalhe pensado com muito carinho pela Prefeitura de São Luís. Nosso objetivo com essa vasta programação foi levar a esperança por dias melhores para cada um, e conseguimos fazer isso. O ‘Natal da Esperança’ foi sucesso de público, encantou a todos, inclusive nos bairros pelos quais passou, transmitiu a mensagem de esperança de dias melhores. O espetáculo já está garantido para o ano que vem”, destacou o prefeito Eduardo Braide.

A festa de encerramento teve início com a apresentação da Trupe Doce Natal, composta por vários personagens do imaginário natalino que se materializaram com o objetivo de levar os bons sentimentos que despertam o coração a esta época do ano, fazendo da festa um momento ainda mais mágico e encantador, como foi para a família da empresária Luanna Ferreira, que esteve acompanhada do marido, João Ferreira e da filha do casal, a pequena Alice.

“Essa programação foi muito bem pensada, pois conseguiu expressar o que realmente é o natal para as pessoas. Além do nascimento de Jesus Cristo, também há os personagens que imaginamos e que as crianças, principalmente, acreditam existir”, disse a empresária, que se deslocou do Jardim São Cristóvão até o Centro Histórico para assistir ao encerramento das festividades de Natal da Prefeitura de São Luís.

Após a apresentação da Trupe Doce Natal, foi a vez do espetáculo Natal das Princesas, da Companhia Thayná Matarazzo, animar a criançada, que viu de perto as princesas Branca de Neve, Mohana, Jasmine, Elsa e Anna, do Frozen, Cinderela e a Bela. Cada uma delas esteve em uma encenação individual, atraindo a atenção dos pequenos a cada um dos detalhes da apresentação, como observou a vendedora Silvia Bezerra, ao ver a filha Ludmila com os olhos vidrados no espetáculo.

           “Ela é apaixonada pelas princesas. Essa foi a segunda vez que a gente assistiu ao espetáculo. Percebo que ela sempre fica quietinha, analisando tudo, cada detalhe, e depois fica comentando em casa. Toda essa programação foi muito boa, a Prefeitura está de parabéns”, disse a vendedora, que estava acompanhada, ainda, de tias e primos, ambos vindos da região Itaqui-Bacanga. Para encerrar a programação do “Natal da Esperança”, cantores conhecidos subiram ao palco e emocionaram o público com as canções escolhidas para o último domingo do ano. Na voz de Camila Boueri, a plateia cantou “Jingle Bells Rock” – tradição de Natal. Em seguida, foi a vez de Ticiana Duailibe com “Hallelujah”; Flávia Bittencourt com “Canto de luz”; Guilherme Júnior com “Nas asas do Senhor”; e Sandra Duailibe com “Mãezinha do céu”.

 Depois foi a vez da cantora Dory Lima encantar a todos com a música “Semente do amanhã”, seguida de Luciana Pinheiro com “Natal todo dia”; Pepê Júnior com “Marcas do que se foi”; João Gerude com “Riqueza”; George Gomes com “Noite feliz”; Patrícia Ribeiro com “All want for christmas is you”; Simone Mouzy com “Então, é Natal”; encerrando com Jamilson Jackson, que cantou “Um novo tempo”.

A decoração natalina no circuito do Centro Histórico ficará até o dia 6 de janeiro de 2022, onde o público vai poder prestigiar tanto as luzes no Largo do Carmo, como as ruas de Nazaré, Egito, Praças Benedito Leite e João Lisboa, um verdadeiro presente aos ludovicenses e a todos os turistas que visitam São Luís. Estiveram presentes durante o encerramento da programação cultural do “Natal da Esperança”, os secretários municipais de Cultura, Marco Duailibe; de Comunicação, Igor Almeida; e de Assuntos Políticos, Márcio Andrade.

 

RETROSPECTIVA: INVESTIMENTOS DO GOVERNO DO ESTADO AMPLIAM SERVIÇOS DE SAÚDE NO MARANHÃO EM 2021

Ao longo do ano de 2021, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), realizou diversos investimentos na área da saúde, entre eles, entrega de leitos, ampliação de serviços e entrega de novas unidades. O trabalho da gestão estadual tem promovido o fortalecimento da Rede Estadual de Saúde, beneficiando milhares de maranhenses em todas as regiões do estado.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, destaca que apesar da pandemia da Covid-19, que começou em 2020 e persistiu durante todo o ano de 2021, o Governo do Estado continuou realizando investimentos na saúde. “Apesar das dificuldades impostas pela Covid-19, conseguimos realizar muitos investimentos na saúde neste ano, fortalecendo a rede e proporcionando atendimento de qualidade, seguindo o trabalho que estamos realizando desde o ano de 2015. É gratificante ver como, a cada ano que passa, temos conquistado novos avanços na área da saúde, melhorando a vida de quem mais precisa”, afirma.

Entre as unidades entregues pelo Governo do Estado em 2021, estão novas Policlínicas e Unidades de Especialidades Odontológicas do Maranhão (Sorrir), serviços de saúde criados na gestão do Governador Flávio Dino para garantir à população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS) mais acesso a serviços especializados.

As Policlínicas são uma estratégia da gestão estadual para oferecer atendimento de qualidade à população, com acompanhamento em várias especialidades. Neste ano, foram entregues unidades em Açailândia, Barra do Corda, Imperatriz, e a Policlínica do Idoso em São Luís. Dessa forma, o Maranhão passou a contar com 12 unidades. Com a implantação das Policlínicas, o Governo do Estado conseguiu ampliar em mais de 70% o acesso a especialidades médicas diversas, alcançando as principais regionais do Maranhão.

Já as Unidades de Especialidades Odontológicas do Maranhão (Sorrir) foram implantadas com o objetivo de ampliar o acesso da população maranhense a diversos serviços de odontologia. E neste ano, o serviço foi expandido com a entrega de unidades em Presidente Dutra e em São Luís, na Ponta do São Francisco. A unidade beneficia pessoas como a dona Maria Coelho Nunes, de 74 anos. Ela é moradora do São Francisco há mais de 50 anos e fala sobre os benefícios que a área recebeu com a nova unidade.

“Quando eu cheguei aqui, tudo isso era mangue, e nós atravessávamos por uma ponte para ter acesso às outras casas. Além disso, aqui era um grande lixão. A Clínica Sorrir é uma grande felicidade para a nossa comunidade, especialmente para as nossas crianças que muitas vezes não têm onde fazer uma limpeza nos dentes e acabam tendo uma série de problemas de saúde”, comemora a aposentada.

As clínicas Sorrir foram entregues à população como forma de ampliação do acesso a serviços de odontologia (Foto: Ilano Lima)

Durante o ano de 2021, também foram entregues o Hospital do Servidor em São Luís, o Hospital Regional de Pedreiras e o Centro da Pessoa Idosa em Imperatriz. Além disso, foram realizadas ampliações nas unidades já existentes com a entrega de UTIs no Hospital Regional de Barreirinhas, no Hospital Macrorregional de Imperatriz e no Hospital Regional de Grajaú; e o acréscimo de mais 50 leitos clínicos no Hospital Aquiles Lisboa, bem como a entrega do centro cirúrgico da unidade.

Também foram realizados investimentos para ampliar os cuidados na área materno-infantil, com a ampliação da Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão (Macma) e a reforma da Maternidade Nossa Senhora da Penha, além do fortalecimento das unidades regionais de saúde com, por exemplo, a implantação do serviço de neurologia em Balsas e a oferta dos serviços de alta complexidade em ortopedia no Hospital Regional de Grajaú.

“E muito mais está por vir. Nós temos mais de cem obras em andamento, tanto em parceria com os municípios, quanto em unidades do Estado, e nossa prioridade para 2022 é a conclusão delas”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Em 2021, a gestão estadual seguiu investindo em programas que aproximem os serviços da população, como o Mais Cirurgias. Foram quase 100 mil procedimentos nos dois últimos anos. O Estado também realizou ações como o Saúde na Praça, o Mais Saúde Animal e os Mutirões de Vacinação contra a Covid-19, beneficiando tanto a capital como outros municípios maranhenses.