Polícia Militar prende três suspeitos de tráfico de drogas em São José de Ribamar

 

Três homens foram presos sob suspeita de tráfico de drogas no bairro Parque Florência, em São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís, na manhã desta quarta-feira (15).

Durante um trabalho de ronda de verificação no bairro Parque Florêncio, a guarnição da PM avistou o trio de suspeito em um terreno baldio, ao avistar a viatura, um dos suspeitos tentou se desfazer de algo, porem foi impedido. Em meio ao trabalho de revista, os policiais encontraram em posse de um dos indivíduos 12 porções de uma substância verde embalada em papel filme, semelhante a maconha e cerca de R$ 288,50 (duzentos e oitenta e oito reais e cinquenta centavos).

Segundo a PM, na residência do mesmo suspeito foram localizadas 10 porções de uma substância verde semelhante à maconha e 4 pedras de uma substância semelhante a crack.

Os outros dois suspeitos foram detidos pelo fato de estarem no ponto de comercialização de drogas, sendo todos encaminhados a delegacia do Parque Vitória para os procedimentos de praxes.

O novo Mercado do São Francisco e o reconhecimento da luta de Osmar Filho

O São Francisco, um dos bairros mais tradicionais e antigos de São Luís, com 404 anos de fundação, está em festa.

A Prefeitura, através do programa São Luís em Obras, deu início ao trabalho de construção do novo Mercado da localidade.

O serviço atende a uma reivindicação antiga dos moradores e comerciantes e também se constitui em um merecido reconhecimento ao vereador Osmar Filho (PDT), presidente da Câmara Municipal e que durante anos – como político, cidadão e morador – lutou para que a tão sonhada obra se transformasse em realidade.

“Agradeço o apoio e sensibilidade do prefeito Edivaldo em ter atendido nosso pleito. O novo Mercado oferecerá aos comerciantes ótimas condições de trabalho e também contribuirá para aquecer a economia do São Francisco, importante bairro da nossa capital”, comentou o parlamentar.
Osmar reuniu-se por diversas vezes com os feirantes, tendo visitado o espaço em várias oportunidades.

Ano passado, por exemplo, em visita à sede da Prefeitura, ele acompanhou representantes da Associação dos Feirantes que, além de terem acesso ao projeto arquitetônico do novo espaço público, receberam do prefeito Edivaldo a garantia da execução dos serviços.

Orçada em pouco mais de R$ 3,4 milhões, a obra está sendo executada com recursos próprios do município e tem prazo de duração de doze meses.
O equipamento público ganhará novo sistema hidráulico, boxes padronizados, iluminação moderna, sistema de câmara de vídeo, área de estacionamento, sistema de drenagem, dentre outras benfeitorias. Além disso, toda a sua área terá acessos para pessoas com mobilidade reduzida.
Vales destacar que os feirantes, para não terem prejuízos, foram removidos para um espaço provisório, localizado no próprio bairro, onde estão podendo comercializar os seus produtos

POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMEM COM DROGAS EM SÃO LUÍS

A Polícia Civil, através da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), prendeu em flagrante no bairro Anil, em São Luís, um homem suspeito pelo crime de tráfico de drogas com forte atuação em festas realizadas na capital maranhense.

A Policia Civil recebeu denúncias dando conta que o suspeito estaria transportando, em seu veículo, certa quantidade de droga, sendo posteriormente localizado e abordado pela equipe policial. Durante a abordagem, foram encontrados cinco comprimidos de “ecstasy”, 11 invólucros contendo “cocaína” e uma porção de “maconha”. Na residência do investigado ainda foram encontradas outras 20 porções de “maconha” e uma balança de precisão utilizada para a pesagem da droga.

O preso foi conduzido à sede da SENARC, onde foi autuado em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas, sendo, em seguida, encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ficará à disposição da justiça.

 

 

Deputado Ciro Neto participa de entrega de ambulância ao município de Presidente Dutra

O deputado federal André Fufuca (PP), a cidade de Presidente Dutra recebeu mais uma ambulância para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Acompanhado do deputado Ciro Neto (PP), o prefeito Juran Carvalho e membros do secretariado fizeram a entrega de mais uma ambulância que irá beneficiar, principalmente, a zona rural do município.

O prefeito Juran Carvalho disse que está prevista a chegada de outra ambulância, ainda em 2020, viabilizada por meio de emenda parlamentar do deputado Ciro Neto, aumentando a quantidade de ambulâncias para atender à população. “Com mais duas ambulâncias, uma irá ficar fixa no povoado Angical e a outra ficará no Calumbí. Desta forma será implantado um número de telefone específico para essas ambulâncias do interior”, explicou o prefeito.

A meta da Prefeitura de Presidente Dutra é que com a chegada de mais ambulâncias poderá ser implantado o programa SAMU Municipal nos povoados com maior número de habitantes, que terão uma ambulância disponível no interior para deslocar os pacientes até a sede do município.

O deputado Ciro Neto agradeceu ao deputado federal André Fufuca. “Ano passado, através do deputado André Fufuca, já havíamos conseguido duas ambulâncias para a sede do município e, agora, estamos recebendo mais uma em parceria com o Governo Federal, mais uma vez, fruto da articulação do deputado André Fufuca”.

 

Mulher é assassinada após ser estuprada em Vitória do Mearim

 

Uma mulher identificada como; Fernanda Correa Pereira, de 25 anos, foi assassinada a pauladas após ser estuprada no município de Vitória do Mearim.

De acordo com a policia, o crime aconteceu no Povoado Marajá, a 30 km de Vitória do Mearim. Há várias linhas de investigações, de acordo com a polícia, e uma delas é de que grupo de jovens teria cometido o crime a pauladas, o que chocou a população da cidade. O corpo da vítima foi achado por um morador

Ainda conforme a polícia, Fernanda Correa Pereira era do povoado Santa Rosa, em Vitória do Mearim, onde morava com seus pais e suas filhas. O corpo foi para o Hospital Municipal e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), na capital.

Resultado final do PAES 2020 será divulgado sexta-feira (17)

Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) irá divulgar, na sexta-feira (17), o resultado final do Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (PAES 2020).

Mais de 15 mil candidatos estão na expectativa sobre quais deles irão preencher as 4.030 vagas da UEMA e as 910 vagas da UEMASUL.

O curso mais concorrido do PAES 2020 é o Curso de Formação de Oficiais – Bacharelado em Segurança Pública – CFO- PMMA (Feminino), com 432 candidatas por vaga. Outro curso que está entre os mais disputados é o de Medicina do Campus Caxias, com 205,55 candidatos por vaga no sistema universal.

Novamente, o PAES bateu recorde de inscritos, com 66.746 candidatos maranhenses e de outros estados.

As provas do vestibular ocorreram em São Luís, Colinas, Caxias, São João dos Patos, Bacabal, Barra do Corda, Balsas, Codó, Santa Inês, Coelho Neto, Timon, Pinheiro, Grajaú, Presidente Dutra, Lago da Pedra, Pedreiras, Zé Doca, Coroatá, Itapecuru-Mirim e São Bento. Já para a UEMASUL, o certame foi realizado nos municípios de Imperatriz, Açailândia e Estreito.

UemaSul

Excepcionalmente, o PAES 2020 contemplou a seleção dos candidatos às vagas disponíveis dos cursos da área de atuação da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão – UEMASUL, em decorrência de ajuste consolidado por meio do Acordo de Cooperação Técnica n.º 01/2019 entre as Instituições de Ensino Superior.

Neste vestibular, também foram ofertadas 40 vagas para o recém-criado Curso de Medicina – Campus Imperatriz, além de vagas para Engenharia Agronômica Bacharelado, Ciências Naturais e Letras – Campus Estreito.

 

Antônio Pereira prestigia a convenção da Assembleia de Deus em Açailândia

0 deputado Antônio Pereira (DEM) prestigiou, em Açailândia, a convite do pastor Cavalcante, a 33ª edição da Assembleia Geral Ordinária da Convenção de Ministros das Assembleias de Deus do Sudoeste do Maranhão e outros estados da federação (COMADESMA).

Nesta edição do evento, o tema escolhido pela Assembleia de Deus foi o seguinte: “Exercendo o ministério para a glória de Deus”, baseado no texto bíblico de 1ª Coríntios 10.31. São quatro dias de evento, que inclui atividades em mais dois templos do Maranhão.

Em sua fala, o deputado Antônio Pereira destacou a importância da convenção, que reuniu cerca de 2.700 pastores e evangelistas da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, filiados à convenção COMADESMA no Maranhão e mais 14 estados brasileiros.

MESA DIRETORA

O evento exclusivo para ministros, missionárias e filhos de ministros, é realizado a cada seis meses e é considerado o mais importante da igreja, porque determina as ações que serão concretizadas ao longo do ano. Esta edição é no Templo Central de Açailândia.

Durante o evento, foi feita a prestação de contas dos últimos quatro anos e formada a mesa diretora que vai liderar a COMADESMA entre 2020 e 2023. O pastor Cavalcante foi escolhido por aclamação para continuar presidente da COMADESMA.

“Agradeço a Deus e aos convencionas por esta oportunidade de podermos continuar trabalhando para o Senhor à frente desta

grande obra. Vamos continuar crescendo e investindo no desenvolvimento da obra de Deus, sonhando com a abertura de mais campos de evangelização em todo o Brasil”, comemorou o presidente. (Assecom)

 

 

Ministro da Economia Paulo Guedes vai insistir em novo imposto

A criação de um Imposto sobre Transações Financeiras (ITF) voltará a ser debatida entre governo e Congresso em fevereiro. Com o fim do recesso legislativo, a equipe econômica vai ser requisitada a dizer o que quer na reforma tributária em discussão. E o que deseja o ministro da Economia, Paulo Guedes, é justamente ter uma fonte de arrecadação para desonerar a folha de pagamento das empresas. O novo imposto encontra resistências no parlamento, mas, desta vez, terá ao seu lado congressistas acenando a favor de discutir a inclusão do tributo na redação única a ser criada pela unificação da Proposta de Emenda à Constituição (PECs) nº 45/2019, em tramitação na Câmara, com a nº 110/2019, que está no Senado.

O tema é polêmico. Em setembro do ano passado, custou a demissão do economista Marcos Cintra da Secretaria da Receita Federal pela associação à extinta Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras (CPMF). Contudo, desde dezembro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a defender a ideia, sugerindo a criação de um ITF em meios digitais, como por aplicativos de celular ou via internet banking. O presidente Jair Bolsonaro, por sua vez, chegou a declarar que “todas as alternativas estão na mesa”.

A retomada da discussão do ITF na metade de dezembro, às vésperas das festividades de fim de ano, foi um balão de ensaio do governo que colou. Não que a medida tenha deixado de ser controversa, mas alguns parlamentares estão acreditando — e outros sendo convencidos pela equipe econômica — de que a proposta pode viabilizar a aprovação da reforma. Tanto as PECs nº 45 e nº 110, bem como sua unificação, provocam, na prática, a elevação de carga tributária para o setor terciário, reconhece o senador Izalci Lucas (PSDB-DF), vice-líder do governo e de seu partido na Casa.

Ao contrário da indústria, que faz aquisição de insumos que podem ser usados para geração de crédito tributário, entidades de comércio e serviços projetam que a unificação tributária, com a inclusão do ISS, oneraria o setor, diferentemente da indústria. A contrapartida poderia vir da desoneração da folha de pagamento. A arrecadação do IMF seria destinada a custear a renúncia fiscal — como deseja Guedes. “Seria uma compensação para todos os setores produtivos. Mas, para isso, o governo tem que se posicionar e dizer o que quer”, sustenta Izalci.

A equipe econômica trabalha para apresentar o quanto antes sua proposta do IMF. Guedes acredita que a tributação sobre transações financeiras digitais, com uma taxa pequena, para que todos contribuam para desonerar a folha de pagamentos, é o que viabiliza a aprovação de uma reforma tributária possível no curtíssimo prazo. “Com isso, o custo da geração de emprego se torna mais fácil. Hoje, os empresários pensam 10 vezes antes de contratar. As proposições no Congresso aumentam tributo sobre o comércio e serviços, os maiores empregadores”, sustenta um interlocutor do ministro.

Sem o imposto análogo à CPMF, a equipe econômica acredita que nem a unificação de PIS e Cofins, estudada pela pasta, sairia do papel. “O máximo que conseguiríamos fazer seria uma desburocratização, simplificação e eliminação de obrigações acessórias estúpidas, geradas normalmente no ICMS”, diz o interlocutor. Ele cita, como exemplo, a adoção da nota fiscal eletrônica universal igual para todos os estados. “Mantêm-se as regras dos estados, mas a nota fiscal seria única e tudo por sistema eletrônico. Isso é possível”, pondera.

O convencimento político e técnico do IMF não será uma tarefa simples. O economista Bernard Appy, diretor do Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e autor intelectual da PEC nº 45, apresentada pelo líder do MDB na Câmara, Baleia Rossi (SP), é contrário à ideia de tributar transações a uma alíquota de 2,5%, de acordo com sugestão do Instituto Brasil 200. A sugestão do governo, no entanto, é de uma taxa progressiva entre 0,2% e 0,4%. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), também é avesso à medida.

A viabilidade do tributo, contudo, encontra, aos poucos, amparo entre nomes influentes no parlamento. O deputado Hildo Rocha (MDB-MA), vice-presidente da comissão mista criada em dezembro para discutir a unificação das PECs nº 45 e nº 110, se mostra sensível à ideia e vai se colocar à disposição para trabalhar o convencimento, sob pretexto de a reforma não sair. “Estamos abertos a receber as sugestões do governo. Há espaço para discutir a inclusão da desoneração da folha, que pode ser feita pelo calibramento da alíquota do IBS (Imposto sobre Bens e Serviços) ou pelo IMF, que substituiria a tributação da folha. O Rodrigo (Maia) é totalmente contra essa ideia, mas sou simpático a ela”, afirma.

Osmar Filho reúne amigos durante grande confraternização em São Luís

O vereador e presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), reuniu centenas de amigos durante uma grande confraternização promovida no Iate Clube.

O encontro foi um momento festivo no qual os participantes agradeceram as conquistas obtidas em 2019 e ratificaram o sentimento de união em torno de mais avanços neste novo ano que se inicia.

Acompanhado da esposa, Clara Gomes, Osmar se confraternizou com todos os presentes, tendo recebido várias manifestações de apoio e carinho.

O momento é de gratidão no qual o Osmar reúne amigos de diversas regiões de São Luís para nos confraternizarmos e agradecermos tudo que foi alcançado ano passado. É também um momento de nos unirmos, cada vez mais, e trabalharmos por mais avanços para nossa cidade”, comentou a liderança comunitária, River Souza.

A festa contou com uma vasta programação cultural, que incluiu shows do Grupo Argumento, Bicho Terra e da dupla Fernando e Franco.

Representantes da classe política também prestigiaram o evento, tais como os vereadores Raimundo Penha (PDT), Nato Júnior (PP), Antonio Garcez (PTC), Astro de Ogum (sem partido), Ricardo Diniz (PRTB), Pavão Filho (PDT), Fátima Araújo (PC do B), Estevão Aragão (PSDB), Josué Pinheiro (PSDB), Umbelino Júnior (Cidadania), Paulo Victor (PTC), Chico Carvalho (PSL) e Beto Castro (PROS); os deputados federais Pedro Lucas Fernandes (PTB) e Gil Cutrim (PDT); além de servidores da CMSL, membros da Imprensa e de outros Poderes constituídos.

Osmar agradeceu o carinho dispensado pelos presentes. “É um encontro para agradecer e festejar as coisas boas que juntos fizemos; e também fortalecer a amizade e a parceria de sempre”, comentou o pedetista.