Antônio Pereira parabeniza Amarante pelos 68 anos de emancipação política

 

O deputado Antônio Pereira (DEM) parabenizou, na sessão plenária desta quinta-feira (21), o município de Amarante, na Região Tocantina, que completou 68 anos de emancipação política. O parlamentar também mencionou a data em suas redes sociais.

Antônio Pereira elogiou a atual gestão municipal em Amarante e o trabalho realizado em parceria com o Governo do Estado. Além disso, congratulou o prefeito Vanderly Miranda, a vice-prefeita Cleiva Silva, vereadores, lideranças e a população da cidade.

O deputado mencionou que, ao completar 68 anos de emancipação política, Amarante ganha um presente de Deus: o hospital de 50 leitos, cuja ordem de serviço será assinada pelo governador Flávio Dino (PSB).

“Flávio Dino já fez grandes obras em Amarante, como o Iema, asfaltamento da MA-275, ligando Amarante a Sitio Novo, poços artesianos, reservatórios de água, reforma da Escola Bandeirantes e complexo esportivo, educativo e cultural com praça”, exemplificou.

Agradecimentos 

O parlamentar agradeceu, também, ao secretário de Estado das Cidades, Márcio Jerry, por ter destinado emenda parlamentar antes de se afastar da Câmara Federal e ter sido o principal incentivador da construção do hospital de Amarante.

Por fim, ele agradeceu ao secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, por obras que beneficiaram Amarante, reafirmando seu compromisso de trabalhar pela população em parceria com o governador Flávio Dino, o prefeito Vanderly e a Câmara Municipal.

 

 

Assembleia concede Medalha ‘Manuel Beckman’ a ativistas das causas de trânsito

A Assembleia Legislativa do Maranhão concedeu a Medalha do Mérito Legislativo ‘Manuel Beckman’ aos ativistas das causas de trânsito Lourival da Cunha Souza e Francisco de Assis Peres Soares. A sessão solene para entrega da maior comenda do Legislativo Estadual aconteceu na manhã desta quinta-feira (21), no Plenário Nagib Haickel.

A homenagem foi proposta pelo deputado César Pires (PV), que preside a Frente Parlamentar em Defesa da Vida no Trânsito no Maranhão. A sessão solene foi comandada pelo deputado Zito Rolim (PDT) e contou com a presença de diversas autoridades, representantes de entidades da sociedade civil organizada, familiares e amigos dos homenageados.

Lourival Souza, 60 anos, natural de Coroatá, é coordenador da campanha ‘SOS Vida pela Paz no Trânsito’. Ele tornou-se ativista da causa em 2010, após o falecimento de sua filha, vítima de acidente de trânsito.

Por sua vez, o engenheiro Francisco Peres Soares, que integra o seleto grupo de conselheiros nacionais de trânsito, tem uma trajetória de militância em defesa da vida de motociclistas, pedestres e pessoas com deficiência física, auditiva e visual.

Missão nobre

No discurso de saudação e exaltação aos dois ativistas, o deputado César Pires enfatizou que os homenageados travam uma luta nobre e permanente para combater a violência no trânsito, merecendo, por essa razão, o reconhecimento de todos.

“Vocês são abnegados e merecem muito mais do que isto. Sou um torcedor ad eterno da causa que vocês abraçaram. São exemplos de cidadania para toda a sociedade”, disse César Pires.

Agradecimentos

Lourival Souza agradeceu a homenagem e fez uma retrospectiva das ações da campanha ‘SOS Vida pela Paz no Trânsito’, criada e mantida por ele há mais de dez anos, em parceria com organizações da sociedade civil organizada e órgãos governamentais.

“Hoje é um dia histórico e honroso para mim e todos aqueles engajados nessa campanha. A violência no trânsito mata mais do que as guerras. Por isso, temos que conscientizar a sociedade a combatê-la permanentemente. É isto que tenho feito ao longo desses anos, com a ajuda de muitos parceiros. Agradeço a todos pelo reconhecimento a esse trabalho”, afirmou.

Francisco Soares, por sua vez, agradeceu a Deus pela homenagem e disse que os números da violência no trânsito são crescentes e que mais de 42 mil pessoas morrem por ano no Brasil em acidentes, sendo mais de 1.700 no Maranhão, anualmente. Soares dedicou a honraria ao seu filho primogênito Maurício, vítima de acidente automobilístico.

Governo realiza 1ª Mostra Científica da Secretaria de Estado da Saúde

O Governo realizou, nesta quarta-feira (20), no auditório do Palácio Henrique de La Rocque, a solenidade de abertura da 1ª Mostra Científica da Secretaria de Estado da Saúde (SES). O encontro, que acontece de forma presencial e on-line pelo canal da SES no YouTube, é realizado em parceria com a Escola de Saúde Pública do Maranhão (ESP-MA) e visa a disseminação de conhecimentos, a integração entre acadêmicos e profissionais da saúde e a divulgação das práticas exitosas na rede estadual durante a pandemia da Covid-19.

O vice-governador Carlos Brandão participou do evento de forma remota. “O Maranhão tem um dos melhores desempenhos de combate à Covid-19 do Brasil, e muito disso se deve ao fato de que o estado seguiu rigorosamente todas as instruções técnicas e científicas. Através dessa Mostra, vamos aprimorar ainda mais os nossos conhecimentos, tudo para que continuemos a fortalecer os investimentos em pesquisa”, pontuou.

“A Mostra Científica é, na verdade, uma aposta no futuro. A política de saúde não pode ser apenas uma política de governo, mas, sobretudo de Estado. Por isso é tão importante fazer a avaliação do que foi realizado e planejar o que poderá ser executado. Portanto, apostar na ciência, ainda mais neste período de pandemia, é buscar investir em uma assistência qualificada, com serviços guiados pela evidência e resultados”, disse o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

A programação de abertura contou com palestras sobre “Comitê de Ética em Pesquisa”, ministrada pela secretária executiva do Comitê de Ética do Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM), Maria Neusa Lima Marques; e ações referentes à “Atenção Primária em Saúde”, esboçadas pelo professor e secretário de Estado Extraordinário de Políticas Públicas (SEEPP), Marcos Pacheco.

No turno da tarde, os inscritos puderam discutir sobre “Trabalho e Gestão em Saúde”, com a participação virtual da representante da Organização Pan-americana de Saúde (OPAS), Mônica Padilla, seguido da apresentação de trabalhos científicos. A mostra conta com o total de 354 inscritos, sendo 281 ouvintes e 73 trabalhos submetidos e acontece nos dias 20, 21 e 22 de outubro.

Segundo a diretora administrativa da ESP-MA, Ana Lúcia Nunes, o evento também acontece de forma alinhada ao Ano Internacional dos Trabalhadores de Saúde e Cuidadores pela Organização Mundial da Saúde (OMS). “Durante o período pandêmico, foram eles, os profissionais da saúde, que conduziram de forma abnegada o cuidado da população. Além disso, a Mostra é uma resposta dada pelo Governo do Estado à sociedade ao acreditar no fazer ciência e de como isso tem impacto direto na qualidade de vida das pessoas”, afirmou.

Entre os pesquisadores que participam da Mostra está Luanne Mendonça, supervisora da Unidade Canguru, do Hospital Dr. Juvêncio Mattos. Ela é idealizadora do trabalho “Certificado de coragem em um hospital infantil: a valorização da alta hospitalar em tempos de Covid-19” e contou da alegria de participar do evento. “Teve um momento da pandemia onde ficou restrito a entrada nos hospitais, então muitas mães e pais não puderam ficar com seus bebês. Então poder mostrar tudo que aconteceu na unidade durante esse período é bastante positivo”, comentou.

A coordenadora de farmácia da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Itaqui-Bacanga, Carla Patrícia, também expôs sua experiência em formato de trabalho científico. “O meu trabalho se concentrou no âmbito hospitalar, com compilado feito durante a pandemia, revelado em forma de indicadores farmacêuticos. Sem dúvidas é uma oportunidade de tornar público que mesmo diante dos obstáculos é possível fazer o melhor”, disse.

 

 

 

NOTA DE PESAR – Jornalista Cunha Santos

A Assembleia Legislativa do Maranhão lamenta, profundamente, o falecimento do jornalista, poeta e escritor Cunha Santos, 68 anos, ocorrido na manhã desta quarta-feira (20), em São Luís. Ele deixa uma imensa lacuna na imprensa maranhense com o seu reconhecido talento.

Autor de vários livros, Jonaval Cunha Santos notabilizou-se na imprensa maranhense com passagem em diversos jornais. Atuou na assessoria de Comunicação da Assembleia Legislativa, onde também presidiu o Comitê de Imprensa da Casa em diferentes gestões. Atualmente, era assessor da Secretaria de Segurança do Estado.

Neste momento de profunda dor, a Assembleia Legislativa presta condolências e solidariza-se com familiares e amigos de Cunha Santos, para que superem a dor da imensurável perda.

Deputado Othelino Neto
Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão

Edwin Jinkings
Diretor de Comunicação Social da Assembleia

 

Prefeitura de São Luís melhora atendimento no Socorrão 2 e pacientes são retirados de corredores

A gestão do prefeito Eduardo Braide tem dinamizado e aprimorado o atendimento na rede municipal de saúde para melhorar a prestação de serviço ao cidadão. Esta semana, o Hospital Municipal Dr. Clementino Moura (Socorrão 2) registrou a marca de zero pacientes nos corredores, com a recolocação de todos aqueles que aguardavam leitos para tratamento dentro da unidade.

“Desde o início da nossa gestão, temos desenvolvido um trabalho estratégico e de forma planejada e estamos conseguindo mudar essa situação. Hoje, os corredores da unidade de saúde estão desocupados e os pacientes podem ter mais conforto e qualidade em seus atendimentos e tratamentos de saúde. Esta é uma conquista que nos enche de orgulho pelo empenho de todos os profissionais e que vamos lutar para que permaneça. Nossa população merece uma saúde com qualidade”, disse o prefeito Eduardo Braide. 

O feito é resultado de uma série de ações e mudanças no fluxo de gestão realizadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus) para que o hospital alcançasse a meta. Entre elas, estão a implementação de estratégias tomadas com base na metodologia Lean, que consiste na eliminação de desperdícios e foco no aumento da produtividade, utilizada também por grandes hospitais em todo o país.

Para o secretário de saúde, Joel Nunes, o resultado se deve ao esforço contínuo da Prefeitura de São Luís em ampliar a rede municipal de saúde e melhorar os atendimentos oferecidos. “Nosso objetivo é oferecer aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) serviços com mais dignidade, e este é um resultado que temos obtido de forma gradativa com o desenvolvimento de estratégias que visam a ampliação da rede municipal de saúde. Felizmente, temos observado frutos positivos do esforço contínuo da gestão do prefeito Eduardo Braide, e a desocupação dos corredores do Socorrão 2 é um exemplo disto. Continuaremos com a mesma dedicação e atenção, a fim de progredir ainda mais, afinal, as melhorias para a saúde devem ser permanentes” disse.

A diretora do hospital Socorrão 2, Manuela Veiga, destacou algumas das ações postas em prática na unidade de saúde e que contribuíram de forma decisiva para o esvaziamento dos corredores. “O principal fator apontado foi o desperdício de tempo, uma vez que os pacientes passavam mais tempo do que deveriam dentro dos nossos equipamentos. Com essa identificação, procuramos saber quais eram as causas e desenvolvemos múltiplas estratégias para diminuir esse tempo de permanência e aumentar o giro de leitos. Adotamos estratégias de gestão de alta para não perdermos tempo com a resolução de quaisquer impedimentos, além do aumento da produtividade cirúrgica, que é determinante para a efetividade do leito”, explicou a diretora do hospital.

Ainda de acordo com a diretora, o aumento da produtividade cirúrgica, que foi fundamental para o giro de leitos, é reflexo dos investimentos realizados pela Prefeitura de São Luís, por meio da Semus, como por exemplo, a modernização do parque tecnológico do Centro Cirúrgico com o fornecimento de equipamentos novos como carros de anestesia e monitores, instrumentos de gestão, materiais de órtese, prótese e materiais especiais (OPME), além da entrega de sete desfibriladores.

O Socorrão 2 é unidade de referência do Município, com atendimento em traumatologia, ortopedia, vascular, cirurgia geral e terapia intensiva adulta. O hospital é habilitado como Unidade de Alta Complexidade em Traumatologia e Ortopedia, sendo considerado referência, também, nesta especialidade, além das habilitações de Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Terapia Nutricional, Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Traumato-ortopedia, Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Tipo II adulto e cirurgias ortopédicas.

 

Reforma e ampliação

A Prefeitura já realizou a reforma da ala de ortopedia e instalou o sistema de climatização no Pronto Socorro, a fim de garantir mais humanização e dignidade aos pacientes. Atualmente, o Centro Cirúrgico também está passando por obras de ampliação com o objetivo de aumentar a capacidade de atendimentos e permitir que a efetividade dos leitos se torne permanente.

A coordenadora do Núcleo Interno de Regulação, Nilma Amaral Andrade, explica que durante os seus 12 anos de trabalho no Socorrão II, ainda não havia vivenciado uma realidade como esta. Segundo a coordenadora, os corredores chegavam a acomodar de cinco a sete pacientes, devido à superlotação. “Eu trabalho aqui há 12 anos e ainda não tinha visto os corredores vazios. Nos corredores de cada ala, ficavam de cinco a sete pacientes, e hoje, graças a um trabalho conjunto de todas as equipes de profissionais e à aplicação do projeto Lean, alcançamos este esvaziamento. Nosso foco principal é a alta segura dos pacientes”, afirma.

A diretora do hospital, Manuela Veiga ressalta que a expectativa é que se torne uma realidade permanente, e que este resultado não depende somente da instituição, mas de um trabalho integral da rede municipal de saúde. “O que esperamos é que esta realidade seja o nosso novo normal. Já provamos que é possível e acreditamos que depende da instituição para que esta realidade seja permanente. É necessário também um trabalho integral da rede para que não chegue ao Socorrão casos que podem ser atendidos em outras unidades. Em condições ideais e com todo recurso necessário é possível manter o hospital com o funcionamento pleno”, disse.

Reestruturação

A Prefeitura tem ampliado a rede municipal de saúde por meio da requalificação e inauguração de unidades de saúde a fim de garantir aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) mais acessibilidade aos serviços e permitir uma maior dinamicidade no fluxo de atendimentos nos centros de emergência da capital. Em 10 meses da atual gestão, já foram entregues mais de 15 unidades totalmente novas e equipadas para atender à população não só de São Luís como também do interior.

 

OAB/MA INTEGRA REUNIÃO DE ABERTURA DO PLANO DE AÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS

A OAB Maranhão, representada pela Comissão de Defesa do Meio Ambiente, contribuiu para mais um passo em direção à aplicação efetiva da Política Nacional de Resíduos Sólidos nos municípios do Maranhão.

É que na manhã da última terça-feira, 19/10, foi realizada, na Escola Superior de Controle Externo (Secex) do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA), a primeira reunião de trabalho voltada à implementação de programas e ações interinstitucionais para a educação e fiscalização da Política Nacional de Resíduos Sólidos por meio do Termo de Cooperação Técnica, firmado em setembro passado por 20 instituições, entre elas, a OAB/MA.

A reunião contou com representantes de todas as entidades que firmam o pacto e foi aberta pelo presidente da corte de contas, o conselheiro Washington Luiz de Oliveira, e conduzida pelo secretário de Fiscalização do Tribunal, Fábio Alex Rezende de Melo.

Segundo o Tribunal, as primeiras reuniões têm a finalidade de ouvir cada uma das instituições envolvidas, colhendo informações e sugestões para análise. Tal processo resultará no documento final que norteará as ações do grupo a partir de 2022.

“Essa ação é primordial para avançarmos nas políticas ambientais. Nós desenvolveremos esforços para contribuir com a implementação de programas e ações interinstitucionais na educação e fiscalização da Política Nacional de Resíduos Sólidos. O trabalho terá ênfase em ações educativas, envolvendo segmentos da sociedade civil”, informou o presidente da Comissão de Defesa do Meio Ambiente, Victor Belo.

De acordo com o Termo, devem ser assegurados os princípios da Lei n.º 12.305/2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos, especialmente o seu art. 9º, que estabelece ordem de prioridade para a gestão e gerenciamento de resíduos sólidos, a disposição final ambientalmente adequada, a inclusão social dos catadores e catadoras de resíduos e a transparência do serviço de limpeza pública.

Com vigência de 5 anos, todas as instituições que assinaram o Termo de Cooperação Técnica de forma conjunta, poderão propor, planejar e acompanhar os programas e ações pactuadas, com fixação de metas, visando à correta aplicação da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

 

Governo do Estado realiza capacitação para trabalhadores e coordenadores do Cadastro Único e Programa Bolsa Família (PBF)

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), oferta capacitação para trabalhadores e coordenadores do Cadastro Único e Programa Bolsa Família (PBF). A formação tem como objetivo certificá-los como multiplicadores para entrevistadores, visando a ampliação da rede de atendimento às famílias beneficiárias de programas sociais do Estado do Maranhão.

De 25 a 29 deste mês, a capacitação será realizada com os profissionais dos municípios jurisdicionados às regiões de Balsas, São João dos Patos, Bacabal, Codó, Caxias, Timon, Santa Inês e Zé Doca. De 08 a 26 de novembro, os cursos contemplam profissionais dos municípios das regionais de Presidente Dutra, Barra do Corda, Pedreiras, Imperatriz, Açailândia, Pinheiro, Viana, Itapecuru, Rosário, Chapadinha, São Luís e região metropolitana.

A secretária adjunta de Renda e Cidadania, Ana Gabriela Borges, explica que a capacitação busca garantir a qualidade do processo de cadastramento das famílias que vivem em vulnerabilidade social. “Com as nossas campanhas no Maranhão, teve aumento de mais de 5.000 identificações que estavam invisíveis. Famílias indígenas, quilombolas, ribeirinhas, pescadores e agricultores familiares que eram cadastrados, mas não estavam devidamente identificados quanto aos grupos populacionais que fazem parte. Neste novo cenário, há novas situações. Em função da pandemia, novas famílias entraram no perfil de vulnerabilidade de renda, bem como existem famílias que, por falta de atualização no cadastro, podem ficar sem receber o benefício”, destacou a secretária adjunta.

O Maranhão é o primeiro estado brasileiro em 2021 a realizar capacitação em grande escala para a rede de trabalhadores que fazem o cadastro do Bolsa Família. Na primeira etapa, serão atendidos 250 profissionais, com carga horária de 40 horas. Como requisito para garantir a qualidade da formação é necessário ter 100% de frequência e 80% de aproveitamento no teste final do curso.

 

PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO NOTA DE PESAR

Com profundo pesar recebemos a notícia do falecimento do jornalista Cunha Santos, ocorrido nesta quarta-feira (20).

Sempre atento aos acontecimentos, Cunha Santos se tornou uma referência para o jornalismo maranhense. Além de jornalista, ele deixou sua marca sensível como poeta e escritor.

Nossos sentimentos à família e aos amigos de Cunha Santos. Que Deus possa confortar a todos neste momento.

Igor Almeida

Secretário Municipal de Comunicação

Governador Flávio Dino recebe presidente do Instituto Humanitas

O governador Flávio Dino recebeu a presidente do Instituto Humanitas 360, Patrícia Vilela, nesta quarta-feira (20), no Palácio dos Leões. No encontro, foram tratados o andamento da parceria entre a entidade e o Governo do Estado, na ressocialização de apenadas, com a experiência da Cooperativa Cuxá. O secretário de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Murilo Andrade, que coordena o projeto junto à Humanitas 360, esteve presente ao encontro. A Cooperativa Cuxá entra agora em nova etapa, com proposta de inserir mais internas no projeto ressocializador. A cooperativa funciona Unidade Prisional de Ressocialização Feminina (UPFEM), em Pedrinhas, na capital.

“Foi muito positiva a reunião. Avançamos na comercialização dos produtos da cooperativa, com vários pontos de vendas. O momento foi também de prestação de contas da instituição com o Governo do Estado, sobre essa exitosa parceria que já completa dois anos. Esperamos avançar, cada vez mais e aumentar número de internos trabalhando na cooperativa, para que realmente aprendam sobre empreendedorismo e quando saírem da unidade prisional, possam andar com suas próprias pernas e sobreviver com sua própria autonomia”, frisou o titular da SEAP, Murilo Andrade.

A Cooperativa Cuxá integra o programa Justiça Presente, e atende mulheres privadas de liberdade na Unidade Prisional Feminina do Complexo Penitenciário de São Luís. São oferecidas as elas, aulas de corte e costura, crochê e outros segmentos, para que possam empreender, após cumprirem o processo de ressocialização. A iniciativa tem ofertado as internas oficinas de trabalho baseadas em economia colaborativa, além de capacitá-las para que elas possam gerir e conduzir a própria renda. A renda dos produtos comercializadas são repassados integralmente às internas.

A presidente da Humanitas, Patrícia Vilela, destacou o compromisso do Governo do Estado com a ressocialização das mulheres apenadas. “Vejo com muitos bons olhos e com muita esperança, uma administração pública que abre espaço para uma inovação, como uma cooperativa social dentro de uma unidade penitenciária, no regime fechado. É uma administração que vê a vida destas mulheres aprisionadas, como reconhecimento e construção de cidadania e de mulheres libertas, dentro de sua cabeça e de seu coração. Foi um momento de pandemia, de muitas dificuldades e vamos para o nosso terceiro ano. O momento agora é de constituir a renda dessas mulheres e assim, fechamos um ciclo e abrir outro, de produtividade e economia criativa”, enfatizou. A cooperativa tem parceria Governo, via SEAP e Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

 

Prefeitura garante na Justiça 90% da frota de ônibus em São Luís

A Prefeitura de São Luís garantiu a circulação de 90% da frota do transporte público na cidade, com o movimento de paralisação já anunciado pela categoria. A decisão liminar foi proferida pela desembargadora federal do Trabalho, Ilka Esdra Silva Araújo. Na decisão, ficou determinado – tanto ao Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão (STTREMA) quanto ao Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) -, que:

  1. Garantam o percentual mínimo de 90%) da frota de ônibus em funcionamento, em todas as linhas e itinerários e em todos os horários, com os respectivos motoristas e cobradores em todos os horários;
  2. Não haja coação ou impedimento aos trabalhadores que não queiram aderir ao movimento de trabalhar;
  3. Não haja bloqueio das entradas/garagens das empresas prestadoras de serviço de transporte público municipal;
  4. Não seja praticada qualquer tipo de greve, tal como “greve branca”, “operação tartaruga”, “greve de zelo”, “greve de ocupação”, “greve ativa”, “greve intermitente”, “greve seletiva” ou qualquer outra que venha a prejudicar a prestação do serviço público.

 Em caso de descumprimento das medidas, a Justiça do Trabalho estabeleceu multa diária de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) ao STTREMA e ao SET.

“Buscamos assegurar que a população de São Luís tenha o seu direito ao transporte público preservado. Desde que assumimos, a frota foi ampliada, levamos a Guarda Municipal e implantamos o serviço de internet grátis nos terminais, além de colocarmos o ‘Rapidão’ nas ruas. Vamos seguir com o nosso principal objetivo: o de melhorar a qualidade dos serviços”, afirmou o prefeito Eduardo Braide.