Assembleia celebra 25 anos do Núcleo de Acessibilidade de Uema em sessão solene

A  Assembleia Legislativa do Maranhão realizou, na manhã desta segunda-feira, 13, uma sessão solene em homenagem aos 25 anos do Núcleo de Acessibilidade da Universidade Estadual do Maranhão (NAU/Uema). Há mais de duas décadas em atividade, a entidade atua para garantir a inclusão de pessoas com deficiências na comunidade acadêmica e em todos os espaços.

Presidida pelo deputado Osmar Filho (PDT), uma vez que Neto Evangelista não pôde comparecer à sessão solene, o evento teve o intuito de reconhecer as conquistas do NAU ao longo de duas décadas e meia, além de reafirmar o compromisso da universidade com a inclusão das pessoas com deficiência.

“A Assembleia não poderia ficar fora desse momento. Nós sabemos o quanto o NAU é importante para toda a comunidade acadêmica, garantindo a inclusão e o acesso ao conhecimento das pessoas com deficiência. O núcleo é referência, não apenas no Maranhão, mas em todo o Brasil e, por conta disso, o Parlamento Estadual faz questão de prestar essa homenagem para que possa servir de exemplo e para que possa avançar cada vez mais nesse serviço de inclusão”, destacou Osmar Filho.

Ainda durante a sessão, o deputado anunciou que destinará parte de suas emendas parlamentares ao NAU para que a entidade amplie suas atividades de inclusão das pessoas com deficiência. Ele também se comprometeu em conversar com outros deputados para que eles também destinem recursos ao núcleo.

A professora Maria de Fátima Lopes Rosa, coordenadora do NAU, destacou que o núcleo está preparado para atender não apenas a comunidade acadêmica da Uema, mas toda a sociedade, garantindo assim que todos tenham acesso a uma educação inclusiva de qualidade.

“É um momento de gratidão e reconhecimento por todo o trabalho que o NAU faz para o público-alvo da educação especial que a Uema recebe. São os alunos, acadêmicos, a família dos acadêmicos e a gente também não se furta de atender as pessoas da sociedade que nos procuram. Desenvolvemos todas as nossas atividades atendendo em São Luís e nos demais 19 campi”, disse a professora.

Em seu pronunciamento, Isabelle Passinho, diretora de Mobilidade Inclusiva e Aeroviária da Agência Estadual de Mobilidade Urbana (MOB), falou sobre a importância de mudar o cenário em que muitos estudantes com deficiência ingressam no ensino superior, mas não conseguem permanecer na universidade em virtude da falta de acessibilidade desses espaços.

“O número de estudantes com deficiência que consegue não apenas ingressar, mas permanecer no ensino superior ainda é muito baixo no Brasil e isso faz com que tenhamos uma ausência de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, nos espaços de decisão, aumentando a invisibilidade em relação a essa população. Por isso, o trabalho do NAU é tão importante para a melhoria desses índices”, destacou Isabelle Passinho.

Presentes ainda na solenidade estavam a professora Ilka Serra, pró-reitora de Extensão e Assuntos Estudantis da Uema, que representou o reitor da instituição, Walter Canales; Louize Oliveira, representante da Associação dos Surdos do Maranhão (ASMA); Cristiane Marques, defensora pública geral em exercício; Lindonjonson Gonçalves, promotor de Justiça da Defesa da Educação; além de representantes de outras entidade e sociedade civil organizada.

A história do NAU iniciou em 1998, a partir de uma provocação de uma aluna cega do curso de Pedagogia, que necessitava de um espaço na universidade com mais acessibilidade. Com o passar do tempo, mais alunos com deficiências se matricularam na universidade, gerando a criação do Núcleo Interdisciplinar de Educação Especial (NIESP), que viria a se tornar futuramente no NAU.

A sessão solene em homenagem aos 25 anos do NAU foi transmitida ao vivo pelo canal oficial do Youtube da Assembleia Legislativa do Maranhão (@tvassembleiamaranhao) e pelo Canal de TV aberta 9.2 (TV Assembleia), contando ainda com tradução simultânea de intérpretes de libras, garantindo assim que a comunidade surda também tivesse acesso ao conteúdo.

Governador e ministro da Agricultura destacam potencial do Maranhão durante o Agrobalsas 2024

O governador Carlos Brandão, acompanhado do ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, participou das atividades que marcam a abertura da 20ª Agrobalsas, uma das maiores feiras do agronegócio do Maranhão, nesta segunda-feira (13). Com o tema “O Milagre no Cerrado”, o evento promete reunir, até o dia 18 de maio, uma gama diversificada de empresários do setor agrícola, de instituições públicas, além de produtores rurais e pecuaristas de todo o país.

Em Balsas, a Fazenda Sol Nascente foi escolhida para sediar o evento. Na oportunidade, governador e ministro visitaram diversos expositores, como o Armazém do Empreendedor e o Pavilhão Agro. Brandão e Carlos Fávaro também participaram de diversas atividades programadas, reforçando os compromissos com o desenvolvimento e fortalecimento do setor agrícola e pecuário estadual.

O governador destacou a importância do Agrobalsas para o desenvolvimento regional. “Hoje, na abertura, com a presença do ministro da Agricultura, a expectativa é a de que haja uma geração em torno de 6 bilhões de reais em circulação financeira. Aqui, nós temos máquinas e implementos agrícolas, também temos secretarias de estado apresentando serviços, cursos e palestras para aproximar o governo da sociedade”, enfatizou Brandão.

Na ocasião, Brandão reafirmou o compromisso do Governo do Estado com o fortalecimento do segmento e reconheceu o Agrobalsas como um evento extremamente necessário para o Maranhão, inclusive, no fomento à geração de emprego e renda.

“Nós investimos cerca de 1 milhão de reais para que a feira pudesse acontecer a nível nacional. Temos empresários que vieram vender máquinas, comprar terras, melhorar as potencialidades. Balsas é promissora, é a capital do agronegócio no Maranhão, grande referência na fronteira agrícola do Matopiba”, disse o governador Carlos Brandão.

O ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, também enalteceu o crescimento da região, ressaltando a importância do evento para a difusão de tecnologia e oportunidades econômicas, fundamentais para a geração de empregos.

“Eu fiquei muito impressionado com o crescimento desta região aqui no Maranhão. Eu acredito que não é por acaso, tem provisão divina e, óbvio, o trabalho e a dedicação fazem tudo acontecer. Portanto, ter uma feira como esta, que difunde tecnologia e oportunidades econômicas, é muito importante para a geração de empregos”, disse Fávaro.

O prefeito de Balsas, Erik Augusto, destacou a relevância do Agrobalsas não apenas para a cidade, mas para todo o estado e Brasil, como um espaço para debater novas tecnologias agrícolas, medidas de preservação ambiental e oportunidades de negócios.

“É muito importante para a cidade, é um evento tradicional, mostra a força do agronegócio de Balsas. A gente considera que esse momento é muito importante também para todo o nosso estado e para o Brasil. O Agrobalsas é um encontro para que sejam debatidas as novas tecnologias para a lavoura, medidas para a preservação do meio ambiente, e também, a venda de máquinas que gera muita receita para o estado e município”, disse o prefeito.

Governo no Agrobalsas

O Governo do Maranhão está presente no Agrobalsas 2024, com uma série de ações e serviços conduzidos por diversas secretarias de Estado, empresas públicas e institutos estaduais. As atividades abrangem áreas como Meio Ambiente, Agricultura Familiar, Indústria e Comércio, Desenvolvimento Social, Turismo, Pesquisa e Defesa Agropecuária.

Entre os diversos órgãos estaduais presentes, estão a Sagrima, Sedes, Iema, Setur, Seinc, Uema, Saf, SSP, Fapema, Agerp, Mapa, Iterma, Sema, Secti e Egma. Essa ampla participação reflete o compromisso do governo com o desenvolvimento e fortalecimento do setor agrícola e pecuário no estado.

Eleições 2024: veja quem são os pré-candidatos à Prefeitura de São Luís já confirmados pelos partidos

São os mesmos candidato não mudou. Eleições 2024: veja quem são os pré-candidatos à Prefeitura de São Luís já confirmados Até o momento, a corrida eleitoral para o cargo de prefeito tem cinco pré-candidatos confirmados pelos partidos: Eduardo Braide (PSD), Duarte Júnior (PSB), Fábio Câmara (PDT), Wellington do Curso (NOVO) e Yglesio Moisés (PRTB).

TCU e Tribunais de Contas aplicam questionário sobre implementação da Nova Lei de Licitações

O Tribunal de Contas da União (TCU), em parceria com os Tribunais de Contas dos estados e Tribunais de Contas dos Municípios está aplicando, até o próximo dia 17, questionário eletrônico sobre a implementação da Nova Lei de Licitações e Contratos Administrativos (Lei 14.133/21), que entrou em vigor em 30 de dezembro de 2023.

Destinado aos governos dos Estados e do Distrito Federal, prefeituras de municípios com mais de vinte mil habitantes e órgãos/entidades federais selecionados, o questionário tem o objetivo de traçar um diagnóstico relativo à implementação da nova legislação. Ou seja, trata-se de questionário eletrônico de caráter autodeclaratório que vai aferir o grau de maturidade na implementação desse conjunto normativo, por meio do IMIL (Índice de Maturidade na Implementação da Lei de Licitações).

A ideia dos órgãos de controle é que, a partir das lacunas e das deficiências eventualmente reconhecidas por ela própria, a entidade respondente possa pensar no planejamento e na execução de ações e medidas para a modificação do contexto retratado.

No caso do Maranhão, o questionário pode ser acessado por meio do Sistema Informe, ferramenta destinada à operacionalização, por meio da aplicação de formulários e/ou questionários, da coleta de dados e de informações atualizadas sobre estrutura, funções, softwares e operações, e demais atos administrativos de gestão da Administração Pública do Estado e dos municípios. O Sistema informa é acessado pela página do TCE na internet (www.tcema.tc.br).

O preenchimento do questionário é obrigatório e é importante ficar atento ao prazo, para evitar a inadimplência e suas consequências, especialmente em ano eleitoral. Além disso, participar da pesquisa traz inúmeras vantagens para o ente. Do simples acesso ao questionário e sua leitura, por exemplo, é possível tomar conhecimento dos principais aspectos da nova Lei, enquadrados nas dimensões governança, planejamento, fortalecimento dos controles, inovação tecnológica e produção e disponibilidade de dados de contratações.

Além, disso, a partir da resposta ao questionário (autoavaliação), passa-se a contar com um guia que poderá orientar estratégias de atuação diante dos pontos deficientes reconhecidos pela própria administração, a exemplo de necessidades de capacitação. A pesquisa permite ainda informar boas práticas organizacionais implementadas, permitindo sua disseminação.

ROSÁRIO MPMA requer condenação de prefeito e mais duas pessoas por improbidade

Calvet Filho, Prefeito de Rosário, alega parcialidade do Ministério Público, e diz que o irmão da Promotora de Justiça Maria Cristina Lobato tentou... | By Portal de RosárioFacebook

Devido à prática de rachadinha (desvio de salário), o Ministério Público do Maranhão ajuizou, em 9 de maio, Ação Civil por ato de improbidade contra o prefeito de Rosário, José Nilton Pinheiro Calvet Filho, além de Rosana Karla Machado Nunes (ex-servidora municipal) e Nayara Serra Nunes (servidora municipal). A manifestação foi assinada pela promotora de justiça Maria Cristina Lobato Murillo, da 1ª Promotoria de Justiça de Rosário.

IRREGULARIDADES

 O MPMA recebeu a informação que Nayara Serra Nunes teria sido admitida na Prefeitura de Rosário como assistente técnica somente com a finalidade de receber salário e repassar para sua prima Rosana Nunes, que teria um relacionamento afetivo com o prefeito Calvet Filho.

Ao analisar o ato de nomeação, a Promotoria constatou, primeiramente, que a admissão da Nayara é irregular, vez que a mesma não prestou concurso público, nem foi contratada, mas nomeada como assessora técnica, cargo que não é de livre nomeação e exoneração.

Nayara está lotada na Secretaria de Finanças, mas ao ser ouvida por meio eletrônico, informou que trabalha na Comunicação.

 Por sua vez, Rosana admitiu que ingressou no quadro do Município de Rosário logo no início do mandato de Calvet Filho, após ter pedido à primeira dama, Francisca Estela Rocha Calvet, que lhe fosse dada uma oportunidade de emprego. Antes, Rosana não possuía experiência em serviço público

Assim como os outros demandados, Rosana não tinha qualquer função que justificasse livre nomeação ou contratação, pois era auxiliar administrativo, o que demonstra que não exercia chefia, direção ou assessoramento.

Rosana figurou na folha até março de 2022, enquanto Nayara ingressou em seguida, no mês de maio de 2022, com salário de R$ 3 mil, mais que o dobro da remuneração de Rosana.

 TRANSFERÊNCIAS

Com base nessas informações, foi protocolada uma medida cautelar de quebra de sigilo bancário de Rosana e Nayara. Ao consultar as movimentações, foi atestado que logo após o recebimento de salário, Nayara Serra Nunes transfere a maior parte da quantia a sua prima Rosana Karla.

Do período da quebra de sigilo bancário, foram identificados um total 21 proventos oriundos da Prefeitura Municipal de Rosário, entre o período de 30 de maio de 2022 e 31 de janeiro de 2024, somando R$ 56.361.15. Nesse ínterim, foi constatado que os proventos de Nayara caem em sua conta-salário, depois vão para sua conta corrente e, em seguida, ela efetua saques de R$ 2 mil fracionados ou transfere o valor de R$ 2 mil para a conta de Rosana.

Outro detalhe: os saques efetuados por Nayara coincidem com depósitos que Rosana recebeu em suas contas bancárias.

“Quanto ao prefeito Calvet Filho, temos que o dolo do gestor municipal não se limita à admissão de pessoal contra expressa disposição de lei. No presente caso há fortes indícios de que o faça para beneficiar Rosana Karla, ainda que às custas de prejuízo aos cofres públicos, ao remunerar um serviço que sabe não ser prestado, nem por ela, nem por Nayara Serra Nunes”, afirmou a promotora de justiça, na ação.

Para a 1ª Promotoria de Justiça de Rosário, o gestor público foi audacioso, porque mesmo sabendo do trânsito em julgado da ação que obriga o Município de Rosário a contratar e desligar pessoas irregularmente admitidas, ele admitiu Nayara e a manteve no serviço. Além disso, no curso da ação de cumprimento de sentença foi determinado também o desligamento de pessoal admitido irregularmente.

PEDIDOS

Em razão das irregularidades, o Ministério Público requer a condenação dos requeridos conforme o artigo 10 da Lei nº 8429/92 (Lei de Improbidade Administrativa), cujas sanções são: perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, se ocorrer esta circunstância, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos até 12 anos, pagamento de multa civil equivalente ao valor do dano e proibição de contratar com o poder público ou de receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo não superior a 12 anos.

Requer, ainda, que seja decretada a indisponibilidade de bens de Nayara Serra Nunes e Rosana Karla Nunes, a fim de garantir a integral recomposição do erário.

Pediu também o afastamento imediato de Nayara Serra Nunes dos quadros da Prefeitura de Rosário e que o prefeito se abstenha de nomear pessoal para cargos de livre nomeação ou exoneração que não estejam expressamente previstos em lei.

Educação no Campo: entidades celebram assinatura de Termos de Fomento com o Governo do Estado

O vice-governador e secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, assinou  Termos de Fomento para a Educação no Campo. O intuito é desenvolver ações voltadas para a manutenção das Casas Familiares Rurais, dos Centros Familiares de Formação por Alternância e das Escolas Familiares Agrícolas do Maranhão. O ato de assinatura aconteceu no auditório do Edifício João Goulart, em São Luís.

A ação garante importante aporte financeiro para o fortalecimento do segmento junto a representantes das associações Articulação Estadual das Casas Familiares Rurais do Maranhão (Acarfar); União das Associações das Escolas Famílias Agrícolas do Maranhão (Uaefama) e da Casa Rural de Zé Doca.

“Esse reforço promove a inclusão social e garante com que as populações rurais tenham acesso ao conhecimento e a mais oportunidades, por meio de um currículo escolar adaptado às suas realidades locais e práticas agrícolas sustentáveis. Quero ressaltar o nosso cumprimento de um dever legal, não é favor o que estamos fazendo, essa ação não é construída sem vocês. Tudo que está sendo materializado aqui é conquista de vocês, e nós estamos do mesmo lado”, enfatizou Felipe Camarão.

Os recursos devem ser destinados exclusivamente para solucionar demandas apresentadas pelas entidades, como remuneração dos profissionais prestadores de serviços, obtenção de material didático/pedagógico, despesas com manutenção, melhoria da infraestrutura das Casas e Centros Familiares, entre outras necessidades, de acordo com o Plano de Trabalho.

“Momento de diálogo e de reafirmarmos compromissos importantes com esses companheiros e companheiras que são fundamentais para fortalecer a educação no campo. Quero dizer que só podemos elencar e hierarquizar prioridades se tivermos a possibilidade de dialogar, de encontrar outras realidades, de entrar na agenda própria de cada movimento”, ressaltou o deputado federal Márcio Jerry.

A presidente da Ueafama, Vicença Alves, agradeceu ao governo pelo apoio às entidades visando o fortalecimento da Educação no Campo. “Com certeza esse apoio do governo vai fortalecer o nosso movimento da Pedagogia da Alternância nas nossas casas. Com muita alegria agradeço às famílias, aos pais, alunos, ex-alunos, monitores, à Fetaema e aos agricultores que estão com a gente aqui nessa alegria de conseguir assinar esses termos junto ao Estado. De uma forma especial, agradecer à Seduc e toda a sua equipe, sintam-se abraçados e muito obrigada”, exprimiu.

O prazo de vigência dos Termos é de 12 meses, contados a partir de sua assinatura, podendo ser prorrogado, mediante aditivo, por solicitação da entidade devidamente fundamentada e formulada, ao prazo de 60 dias antes do seu término, desde que autorizada pela gestora.

Participaram ainda do evento o subsecretário de Estado da Educação, Anderson Lindoso; membros da equipe técnica da Secretaria de Educação (Seduc); o presidente do Conselho Estadual de Educação do Maranhão (CEE-MA), Geraldo Castro; agricultores, e monitores, entre representantes das demais associações.

PGJ é homenageado pelo Ministério Público Militar

O procurador-geral de justiça recebeu,  no auditório do Ministério Público do Trabalho, no Calhau, a Panóplia e o Medalhão do Centenário do Ministério Público Militar durante a cerimônia de Comemoração ao Primeiro Ano de Instalação e Funcionamento da Procuradoria de Justiça Militar em São Luís. Do MPMA também foi homenageado o promotor de justiça Paulo Roberto Barbosa Ramos.

Além do chefe do MPMA, compuseram a mesa da solenidade o procurador de justiça militar em São Luís, Alexandre Reis de Carvalho, o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho, Maurício Pessoa Lima, o procurador de justiça Militar Clementino Augusto Ruffeil Rodrigues, representando o procurador-geral de justiça militar, Cláudio Roberto de Bortolli, o desembargador federal Alberto José Tavares Vieira da Silva e o procurador-chefe da Procuradoria da República no Maranhão, Alexandre Silva Soares.

Na ocasião, foram homenageadas autoridades e personalidades que contribuíram com a atuação do Ministério Público Militar, especialmente aqueles que auxiliaram na instalação da sede do órgão em São Luís.

Em seu discurso, o procurador de justiça militar em São Luís, Alexandre Reis de Carvalho, ressaltou a boa acolhida que teve dos maranhenses desde que chegou ao estado e relembrou a cerimônia de instalação do MPM na capital maranhense, no ano passado, destacando os avanços conquistados ao longo dos últimos doze meses.

Representando os homenageados, o procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, destacou a importância que o Ministério Público seja uma instituição una para que tenha sua atuação mais fortalecida. “Nós, do Ministério Público, não temos que ter essa divisão. A nossa divisão é simplesmente de trabalho, nós somos promotores de justiça. Esta é a pura verdade para o Brasil inteiro, porque somos a instituição permanente, essencial e, principalmente, a que mais defende o regime democrático”, enfatizou.

Do MPMA também acompanhou a solenidade a promotora de justiça da Corregedoria-Geral Sirlei Castro Aires Rodrigues.

Deputada Mical Damasceno denuncia proibição de evangelização nos presídios

A deputada estadual Mical Damasceno (PSD) fez uma denúncia contra uma resolução do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP) que proíbe o proselitismo religioso em presídios. Em seu pronunciamento na Assembleia Legislativa do Maranhão, a parlamentar, conservadora e defensora dos princípios cristãos, criticou veementemente essa medida, que classificou como um retrocesso e uma perseguição religiosa.

Segundo Mical Damasceno, a resolução nº 34 do CNPCP representa uma tentativa de calar o povo cristão no Brasil e cercear suas liberdades fundamentais. Ela ressaltou o importante papel desempenhado pelas igrejas, especialmente as evangélicas, na ressocialização dos detentos no país. Como exemplo, a deputada mencionou a intervenção de um pastor evangélico durante a rebelião no presídio de Pedrinhas, em 2014, que ajudou a controlar a situação e a libertar reféns.

A parlamentar, que já propôs projetos de lei para beneficiar os detentos por meio da leitura da Bíblia, também destacou sua participação em um grupo evangélico que prega nos presídios da cidade de Viana há duas décadas. Para a deputada, a fé tem um papel fundamental na transformação das pessoas, inclusive daquelas que possuem um histórico criminoso.

A resolução do CNPCP proíbe o proselitismo religioso nas prisões. “Isso é uma afronta à liberdade religiosa e vai contra os princípios cristãos e de outras religiões. Vou protocolar um Projeto de Lei para proteger a assistência religiosa nos presídios do Maranhão e garantir o livre exercício da fé. É fundamental resistir a essas investidas e lutar pelos valores que sustentam a sociedade brasileira”, destacou a deputada.

Mical Damasceno também fez um apelo à união dos cristãos e de todos aqueles que defendem a liberdade de expressão religiosa, alertando para as tentativas de cerceamento das liberdades individuais.

Ministro André Fufuca pede a paralisação imediata do Campeonato Brasileiro das Séries A, B, C e D

O ministro do Esporte, André Fufuca, enviou nesta sexta-feira (10) ao presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, um ofício em que pede a paralisação do Campeonato Brasileiro de futebol.

O pedido de paralisação total do Brasileirão foi apresentado em razão das fortes chuvas que atingem o Rio Grande do Sul. Nesta quinta-feira (9), Fufuca já havia informado que pediria a paralisação da competição para que as atenções do país se voltem à situação do povo gaúcho.

Dr. Gutemberg é homenageado pelos Blocos Tradicionais

Em grande festa para celebrar o Dia dos Blocos Tradicionais, o vereador Dr. Gutemberg, que é o criador desta Lei Municipal , foi um dos grandes homenageados da noite. A festa foi realizada  na sede da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph), e contou com as participações do prefeito Eduardo Braide;  a presidente da Fumph, Kátia Bogéa; o secretário de cultura, Maurício Itaparay; e vários representantes dos Blocos Tradicionais.

No discurso para o público presente, o prefeito Eduardo Braide lembrou que os Blocos Tradicionais são patrimônio de São Luís, e que a data está acontecendo devido a uma lei criada pelo Dr. Gutemberg.

“Hoje, aqui, tem dois patrimônios: o nosso Centro Histórico e os nossos queridos Blocos Tradicionais, que são fundamentais para a nossa cultura. Dr. Gutemberg, parabéns por ter criado essa Lei. Parabéns a todos que começaram e mantêm viva essa linda tradição do nosso povo”, disse Eduardo Braide.

Durante a programação, aconteceu o lançamento do livro “Paixão ao Toque da Retinta – 50 anos de tradição no carnaval do Maranhão”, de autoria do mestre Paulo Salaia, fundador do Bloco ‘Os Feras’, e falecido em 2023.

Um momento marcante da festa, foi quando no telão apareceu um vídeo do mestre Paulinho destacando essa data especial e a contribuição dos Blocos Tradicionais para a cultura maranhense. E no vídeo, Paulinho também agradeceu ao vereador Dr. Gutemberg.

“Agradeço a sensibilidade do Dr. Gutemberg por ter criado essa Lei para valorizar os nossos Blocos. Dr. Gutemberg ainda teve uma grande visão por ter instituído o Dia Municipal do Blocos, no dia do nascimento do nosso saudoso Walmir Moraes Corrêa, ex-presidente do bloco Os Foliões. Obrigado pelo carinho, Dr. Gutemberg”, disse Paulinho Salaia, diretor dos Blocos ‘Os Feras’.

A presidente da Fumph, Kátia Bogéa, lembrou com saudades as últimas reuniões que teve com Paulinho Salaia para a finalização do livro e destacou a importância da data municipal e dos mestres que comandam os blocos.

“Meu respeito sincero e profundo aos mestres dos Blocos Tradicionais, em especial ao nosso amigo Paulinho Salaia. Vocês são grandiosos! Paulinho lutou muito pela concretização desse livro. E estamos aqui reunidos por ele também. Deixo meus agradecimentos ao Dr. Gutemberg, pois o 8 de maio para celebrar o Dia Municipal dos Blocos Tradicionais foi criado por ele, uma pessoa amiga da nossa cultura”, disse Kátia Bogéa.

Reconhecendo a importância dessa manifestação cultural para São Luís, o secretário municipal de cultura Maurício Itaparay, também frisou o trabalho do Dr. Gutemberg.

“Parabéns ao Dr. Gutemberg por essa sensibilidade gigante, por esse trabalho brilhante em ter criado essa lei, que hoje nos permite estar aqui para celebrar com todos vocês”, disse Maurício Itaparay.

Instituída por meio da Lei 4.698/2006, o Dia Municipal dos Blocos Tradicionais já faz parte do calendário cultural da cidade. O autor da Lei, vereador Dr. Gutemberg, agradeceu o carinho de todos.

“Os Blocos Tradicionais têm um capítulo especial na minha vida. E sou brincante, inclusive já desfilei também com os blocos. Guardo muitas lembranças carinhosas. Eu criei essa Lei no primeiro mandato de vereador, pois tenho grande admiração pelos blocos. Vocês são os guardiões da nossa cultura. Muito obrigado pelo carinho. Viva os nossos Blocos Tradicionais! Parabéns para todos vocês!”, disse Dr. Gutemberg.

A festa reuniu a Academia de Blocos Tradicionais do Estado do Maranhão e da Associação Maranhense dos Blocos Carnavalescos.

Após as homenagens, os blocos saíram em cortejo pelas ruas do Centro Histórico de São Luís. Eles levaram muita alegria e exibiram toda a beleza dos grupos que usam indumentárias coloridas, um figurino próprio, mantendo firme a marcação dos tambores feito com as mãos espalmadas, dando o tom da festa.