Mais uma mulher é presa em desdobramento da “Operação Colombiana” na capital

Uma mulher foi presa preventivamente pela Polícia Civil do Maranhão na última quinta-feira (2), sob suspeita de integrar uma facção criminosa voltada para o tráfico de drogas em pelos menos cinco cidades do Maranhão. A prisão que foi realizada na capital maranhense é um desdobramento da “Operação Colombiana” que apura as participações de mulheres como lideranças em organizações criminosas.

Segundo o Departamento de Combate ao Crime Organizado (DCCO/SEIC), em dois dias de operação policial, já foram 07 pessoas presas nas cidades de São Luís, Imperatriz, Itinga do Maranhão, Timon e Miranda do Norte.

A mulher foi apresentada na sede da SEIC, em São Luís para ser submetida os processos legais, em seguida encaminhada ao sistema penitenciário e permanecerá à disposição da Justiça.

APROVADO PROJETO DE LEI DO DR. GUTEMBERG QUE CRIA A PRAÇA DOS PETS

Em breve, São Luís vai contar com espaços públicos dedicados ao lazer e socialização de cães e gatos de estimação e seus tutores. Foi aprovado o Projeto de Lei nº 232/21, do vereador Dr. Gutemberg, que institui a Praça dos Pets.  O projeto de Lei segue agora para a sanção do Prefeito Eduardo Braide.

A Praça dos Pets propõe estimular a prática de hábitos saudáveis e o bem-estar animal, promovendo integração entres pets, donos e criadores.

O vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís e autor do Projeto de Lei, Dr. Gutemberg, conta que serão destinadas áreas específicas para o lazer de cachorros e seus donos. E os espaços servirão também para a promoção de eventos que incentivem a adoção responsável de animais.

“É um investimento de lazer para a nossa população e para os nossos animais. Uma área de lazer é fundamental, oportuniza a convivência em sociedade e ajuda na diminuição do estresse. É algo que beneficia os seres humanos e os animais domésticos, por isso, é importante ter um local especifico às famílias e seus pets.”, avalia Dr. Gutemberg.

Parlamentar sensível à causa animal, o médico e vereador Dr. Gutemberg também é autor da Lei nº 6.698/2020, que permite a liberação de animais de estimação para os pacientes internados em hospitais. Isso desde que sejam respeitados os critérios definidos em cada unidade hospitalar, além de observar as regras estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Dia histórico para AMMA: ex-presidente Ronaldo Maciel eleito desembargador do TJMA

Dia histórico para a Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA). Pela primeira vez na sua história, dois juízes que ocuparam a Presidência e a 1ª. Vice-Presidência da entidade se tornam desembargadores do Tribunal de Justiça. Os juízes Francisco Ronaldo Maciel, que presidiu a AMMA por duas gestões consecutivas (2003 a 2006), e Raimundo Bogéa, que ocupou a 1ª vice-presidência também no mesmo período, foram eleitos pelos critérios de merecimento e antiguidade, respectivamente, durante a sessão plenária administrativa desta quarta-feira (1).Ronaldo Maciel e Raimundo Bogéa foram precursores do associativismo na Magistratura maranhense e marcaram a história da AMMA em duas gestões coroadas de êxito, pautadas, principalmente, na luta pela independência e transparência no Judiciário e pelo respeito à Magistratura de 1º Grau.O anúncio dos nomes dos dois novos desembargadores do TJMA foi comemorado por juízas e juízes, que veem na trajetória de Ronaldo Maciel a confirmação de que competência e coragem são imprescindíveis na carreira da Magistratura.O atual presidente da AMMA, juiz Holídice Barros, disse que a eleição de Ronaldo Maciel coroa uma carreira marcada pela integridade, dedicação e altivez.“Para a AMMA, esta nomeação é muito representativa porque o magistrado Ronaldo Maciel foi Presidente de nossa instituição e teve uma passagem histórica, quando liderou a Magistratura Maranhense com muito brio e combatividade, contribuindo com a evolução do nosso Poder Judiciário”, destacou Holídice.Avaliação semelhante do também ex-presidente da AMMA, juiz Gervásio Santos, para quem a escolha de Ronaldo Maciel para compor o TJMA é o reconhecimento da sua dedicação à Magistratura, compromisso demonstrado desde sempre, mas em especial quando presidiu a AMMA entre os anos de 2003 a 2006.Coragem e dedicação foram as palavras do juiz Angelo Santos para definir o perfil de Ronaldo Maciel desde que ingressou na Magistratura maranhense. “Ronaldo foi um grande e destemido líder associativo que serviu de exemplo para as novas gerações de presidentes da AMMA e hoje coroa de êxito a sua luta pela independência do Judiciário”, afirmou Angelo, que também presidiu a entidade em duas gestões consecutivas (2017 a 2020).Na avaliação da juíza Lavínia Maciel, a ascensão de Ronaldo ao Tribunal de Justiça tem um imenso simbolismo para juízas e juízes do Maranhão, “por laurear uma carreira marcada pela competência e coragem, tanto na atividade jurisdicional, quanto no associativismo”.Admiração da CorteNa Corte do TJMA, o juiz Ronaldo Maciel também foi recebido com admiração por sua trajetória. Para o desembargador Cleones Carvalho Cunha, Ronaldo foi exemplo de magistrado desde sua passagem como juiz pelo interior, na capital e como presidente da AMMA.“A eleição de Ronaldo para o TJMA demonstrou todo o reconhecimento do TJMA, pois todos deram a ele nota máxima. Para nós, é uma grande alegria tê-lo na Corte”, enfatizou Cleones.Agradecimentos

Após tomar posse no cargo de desembargador do TJMA, Ronaldo Maciel fez um breve agradecimento aos colegas magistrados presentes à solenidade no Gabinete da Presidência e falou da satisfação de chegar à Corte do TJMA.“Momento de muita alegria chegar ao ápice da carreira e olhar para trás e ver tudo que você passou, filho de uma família pobre da cidade de Codó. É um momento de muita satisfação e, acima de tudo, de reconhecimento do dever cumprido, de ver seu Tribunal reconhecer seu trabalho e o compromisso de assumir e continuar a fazer a entrega da prestação jurisdicional ágil, eficiente e, acima de tudo, defendendo os ideais republicanos”, enfatizou Maciel.

Justiça revoga mandado de prisão do ex-prefeito de Grajaú-MA

Nenhuma descrição de foto disponível.

O Ministério Público de Grajaú-MA, que investiga irregularidades em processos licitatórios na gestão do ex-prefeito da cidade, Júnior Otsuka, entrou com um pedido de prisão preventiva após não encontrar o investigado no seu antigo endereço na cidade. O pedido foi atendido pela juíza titular da 1° vara da Comarca de Grajaú, que decretou a prisão.

Segundo o MP, a não localização de Otsuka configuraria que ele havia se evadido do local, porém, desde 2016, quando renunciou ao cargo de prefeito, ele passou a residir em São Luís.

Assim que soube da emissão do mandado, a defesa do ex-prefeito contestou o pedido e conseguiu a revogação da prisão. Assim, o acusado seguirá em liberdade para provar sua inocência.

 

Prefeitura de São Luís abre cadastro do Cartão Cidadão para passagens de ônibus gratuitas

Para auxiliar os trabalhadores que perderam seus empregos por causa das consequências econômicas da pandemia de Covid-19, e que estejam buscando novas vagas no mercado de trabalho, a Prefeitura de São Luís lançou o Cartão Cidadão.

O cadastramento do benefício que vai garantir passagens gratuitas no transporte urbano de São Luís começou a ser feito nesta quinta-feira (2) e segue até o próximo sábado (4). Para ter acesso, os interessados devem acessar o endereço eletrônico http://www.saoluis.ma.gov.br/cartaocidadao/.

“Por meio do Cartão Cidadão, vamos garantir passagem de ônibus gratuita para quem ficou desempregado e esteja buscando sua volta ao mercado de trabalho. Com isso o trabalhador poderá se deslocar pela cidade para entregar currículos e ir para uma entrevista de emprego com sua passagem paga pela Prefeitura. As inscrições para ter acesso ao benefício já começaram e podem ser feitas até o dia 4 por meio da internet. Esta é mais uma importante ação social da Prefeitura de São Luís para minimizar os efeitos da pandemia em nossa cidade”, destacou o prefeito de São Luís, Eduardo Braide.

O Cartão Cidadão

O Cartão Cidadão é um cartão especial de transporte da Prefeitura de São Luís. O auxílio, com passagens gratuitas, é destinado aos trabalhadores formais com carteira assinada e que ficaram sem emprego. O benefício poderá ser solicitado por cidadãos que residam em São Luís, não estejam recebendo seguro-desemprego e não possuam nenhum outro tipo de benefício de transporte municipal.

Para se inscrever, basta acessar www.saoluis.ma.gov.br/cartaocidadao até 4 de dezembro, preenchendo o cadastro com as informações necessárias, anexando a cópia dos documentos solicitados. Os inscritos que forem habilitados terão seus nomes divulgados no site da Prefeitura de São Luís. O benefício da gratuidade terá validade de 90 dias.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A INSCRIÇÃO:

– Documento oficial com foto;

– Carteira de Trabalho (física ou digital) ou Termo de Rescisão Contratual;

– Comprovante de residência em nome do beneficiário;

– Caso não possua comprovante de residência no próprio nome, deverá apresentar declaração de residência.

O modelo de declaração de residência consta no site do Cartão Cidadão.

 

 

Comissão de Saúde discute condições de trabalho dos médicos no Maranhão

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Maranhão recebeu, na manhã desta quarta-feira (1), um grupo de médicos para discutir as condições de trabalho da categoria no Maranhão, principalmente em relação à defasagem dos valores pagos pelos plantões. A reunião foi coordenada pelo deputado Antônio Pereira (DEM) e contou com a participação dos parlamentares Carlinhos Florêncio (PCdoB), Rafael (PDT) e Yglésio Moysés (PROS), que propôs o encontro.

Na reunião, representaram a categoria o presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado do Maranhão (CRM), Abdon José Murad Neto; o presidente do Sindicato dos Médicos do Maranhão (Sindmed), Adolfo Silva Paraíso; o dirigente da Associação dos Médicos Plantonistas dos Serviços Públicos de Saúde de São Luís, Hérisson Mouzinho, entre entre outros profissionais, que relataram as condições de trabalho nas unidades de saúde.

Deputado Yglésio fez um resumo da situação ressaltando a desvalorização no que diz respeito, dentre outros fatores, aos valores pagos pelos plantões. Ele apresentou proposta a ser encaminhada formalmente à Comissão de Saúde da Assembleia, que consiste em reajuste na Lei Orçamentária Anual (LOA) da ordem de 25% para recomposição de perdas. “Só este ano, a inflação ultrapassou os 12%. Então, não chega a ser nem um reajuste”, justificou o parlamentar, que também é médico.

Tabela

Adolfo Silva disse que, há 11 anos, a tabela de valores não é reajustada e que está cada dia mais difícil um médico ser contratado e ter seus serviços pagos por um preço justo. “Os procedimentos licitatórios adotados pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh-MA) para a contratação só levam em conta o menor preço. Dessa maneira, o estado corre o risco de ficar sem prestadores de serviços nessa área”, denunciou.

Abdon Murad Neto fez um apelo à Comissão de Saúde. “Nós temos esperança de que a Assembleia Legislativa possa contribuir para encontrarmos uma solução para esse problema”, frisou.

Para Hérisson Mouzinho, é preciso que a classe política intervenha na questão. “Está cada dia mais difícil exercer a Medicina no Maranhão. Não temos mais segurança para trabalhar e somos vítimas de atitudes desrespeitosas por parte de alguns pacientes. Esperamos que o Poder Legislativo nos ajude apontando uma saída”, ressaltou.

Proposta

Antônio Pereira afirmou que a reunião foi necessária, produtiva e que a reivindicação é justa. “Discutiremos a proposta de reajuste com todos os setores do governo e com a Comissão de Orçamento da Casa para encontrarmos uma solução”, afirmou.

O deputado Carlinhos Florêncio disse que a Comissão de Saúde precisa aprofundar a discussão. “Estamos atentos ao que está acontecendo e vamos tomar providências. É realmente preocupante quando prevalece o menor preço na contratação de serviços na área da saúde”, frisou.

Em almoço, Brandão recebe Adriano Sarney e deputados do PDT e MDB

A declaração oficial do governador Flávio Dino (PSB) de apoio à candidatura do vice-governador Carlos Brandão (PSDB) para as eleições de 2022 parece que “abriu a porteira”.

Depois de o Cidadania – que estava com o senador Weverton Rocha, pré-candidato do PDT – também aderir ao projeto o tucano recebeu nesta quarta-feira, 1°, diversas manifestações de apoio de deputados estaduais, em almoço promovido em São Luís. Destaque no encontro para três presenças: dos deputados estaduais Adriano Sarney (PV), Zito Rolim (PDT) e Arnaldo melo (MDB).

Chaguinhas defende potencialidades do país e prega autonomia frente a outras nações

O vereador Chaguinhas (Podemos) usou a tribuna da Câmara Municipal de São Luís, na sessão desta quarta-feira (1º), para destacar a bravura do povo brasileiro, criticar relações do Brasil com os países mais desenvolvidos e chamar atenção para o fim do que classificou de ‘complexo de inferioridade’ do povo brasileiro.

Chaguinhas ressaltou que o país é tão rico, mas com uma população tão pobre, segundo ele, fruto das más administrações políticas ao longo dos anos. “Nos últimos 40 anos, os brasileiros que estiveram no poder acabaram com a imagem do Brasil lá fora, a partir da grande imprensa. Figuras ilustres como Alberto Santos Dumont e Osvaldo Aranha mudaram a forma de ser ver o país lá fora, mas, estão escondidos, ninguém fala ou enaltece nossos nomes ilustres”, criticou.

Em sua avaliação, o Brasil nunca foi agraciado com o prêmio Nobel – a exemplo de outros países da América Latina como Argentina, Chile e Peru – por conta dos próprios políticos e cientistas nacionais. “São destruidores de heróis. Quando se fala em brasileiro nessa lista, surge uma avalanche de fuxicos e acusações. Principalmente a elite, trabalha contra. Temos muitas personalidades que poderiam ser reconhecidas”, frisou Chaguinhas.

Segundo o vereador, a atual classe política não quer ver o Brasil desenvolvido. “São bilhões para poucos e muitos sem ter o que comer”, disparou. Classificou de ‘complexo de vira-lata’ a forma como o brasileiro se vê, em relação ao exterior. Elogiou o governo Jair Bolsonaro, que, segundo ele, fez com que o Brasil enfrentasse, de igual, as autoridades de outros países.

“Hoje nós temos coragem internacional para dizer quem somos. Temos a capacidade moral de dizer isso ao mundo, que temos terra para agricultura, temos água, temos florestas, temos o maior programa de infraestrutura do mundo fazendo ferrovias, hidrovias, portos e aeroportos. Vamos acabar com esse complexo de vira-lata em relação aos Estados Unidos e os países da Europa. Isso foi quebrado com o governo Bolsonaro. Conforme nosso hino, ‘somos gigantes pela própria natureza’ e a geração que virá, vai resgatar esse nome. O Brasil é a terra prometida”, concluiu o vereador.

 

 

Prefeito Eduardo Braide acompanha ações do programa Asfalto Novo no Residencial Amendoeiras, na Zona Rural de São Luís

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, acompanhou os serviços do programa Asfalto Novo em execução no Residencial Amendoeiras, localizado na Zona Rural, que vão beneficiar suas principais vias de acesso e por onde passam os coletivos. Na oportunidade, o prefeito ouviu outras demandas dos moradores e também visitou os residenciais Morada do Sol e Santo Antônio, para onde anunciou intervenção nos pontos em que a antiga pavimentação cedeu aos buracos.

“O nosso principal objetivo aqui nos residenciais Amendoeiras, Morada do Sol e Santo Antônio é melhorar as vias que dão acesso a cada um deles, por onde circulam os ônibus coletivos. Nas próximas semanas vamos sanar problemas que já existem há alguns anos e que era o alvo principal da reivindicação dos moradores. Com o Asfalto Novo vamos proporcionar mais dignidade a quem mora nesses residenciais, implantando uma pavimentação de qualidade e, ainda, drenagem superficial”, disse o prefeito Eduardo Braide.

Tanto o Residencial Amendoeiras, quanto os residenciais Morada do Sol e Santo Antônio foram construídos e entregues pelo Governo Federal, fruto de recurso do antigo programa “Minha Casa, Minha Vida”. Desde que foram habitados, suas ruas nunca receberam nenhum tipo de intervenção, ainda que fosse para a conservação – o que ocasionou trechos quilométricos tomados por buracos e até crateras, que durante o período chuvoso se tornam armadilhas não só para carros de passeio, mas, também, para os ônibus.

“Por determinação do prefeito Eduardo Braide, vamos trabalhar para melhorar cada uma das principais vias de acesso a esses três residenciais, de modo que possamos garantir a boa trafegabilidade, a mobilidade de todos os moradores”, disse David Col Debella, titular da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), que coordenada as intervenções de infraestrutura já em curso pela região, bem como as que terão execução iniciada nos próximos dias.

Com a chegada do Asfalto Novo no Residencial Amendoeiras e, em breve, nos residenciais Morada do Sol e Santo Antônio – vizinhos ao primeiro -, o prefeito Eduardo Braide beneficiará, com mais qualidade de vida, cerca de 4 mil famílias, entre as quais está a do aposentado José Ribamar dos Santos, de 66. “Estamos todos felizes com a chegada do asfalto aqui. Só temos de agradecer ao prefeito por ter lembrado de nós”, finalizou.

 Asfalto Novo

Ao todo, nesta primeira etapa do programa Asfalto Novo, serão implantados mais de 80 quilômetros de pavimentação em ruas e avenidas de São Luís, notadamente nos bairros da Zona Rural, melhorando consideravelmente a mobilidade urbana, as vias entre as comunidades, garantindo segurança no tráfego e facilitando o acesso de veículos usados na prestação de serviços públicos essenciais como a coleta dos resíduos sólidos, forças de segurança pública e de salvamento.