Suspeito se apresenta à polícia, confessa assassinato d sobrinho-neto do ex-presidente Sarney

 

Um homem identificado como Raimundo Diniz, suspeito de ter assassinado o sobrinho-neto do ex-presidente José Sarney, Diogo Adriano Costa Campos, de 41 anos, se apresentou na manhã desta sexta-feira (26), na Delegacia de Homicídio e confessou ter matado o publicitário, durante uma briga no trânsito na Lagoa da Jansen, no dia 16 de junho. A vítima morreu no local após ser alvejado com um tiro no pescoço.

De acordo com a polícia, os detalhes sobre as investigações serão repassados à imprensa a partir das 15h, durante uma coletiva de imprensa.

Em seu depoimento, o suspeito disse que seria receptador de veículos e teria participado, inclusive, do roubo do veículo usado no dia do crime – um Fiat Argo de cor vermelha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *