Governo amplia rede de atendimento no Maranhão para assistência a casos da Covid-19

O Governo do Maranhão já ampliou em mais de 600% o número de leitos exclusivos para atendimento a casos da Covid-19 em todo o estado. Os atuais 1.538 leitos fazem parte da rede estadual de saúde e estão distribuídos em 25 municípios do estado. Em coletiva o governador Flávio Dino apresentou a evolução da rede hospitalar para assistência aos diagnosticados com a doença e as obras em andamento.

“Todas regiões do nosso estado possuem uma unidade referenciada para o atendimento de pacientes infectados. Essas unidades são relevantes a curto prazo, mas também guardam uma importância estratégica fundamental, considerando que ficarão incorporadas à rede de saúde do Maranhão para sempre”, disse o governador Flávio Dino durante a coletiva.

As unidades que fazem parte da rede comandada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) estão instaladas em 25 cidades. São unidades macrorregionais e regionais. Desse total, 15 já receberam ampliação e estão em pleno funcionamento, outras 10 estão com estruturas cujas obras se encontram em andamento, evidenciando o compromisso de manter o estado preparado para o enfrentamento ao vírus.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, o trabalho está sendo ininterrupto. “Estamos de segunda a segunda trabalhando para oferecer tratamento e assistência para a recuperação dos infectados. Saúde se faz com profissional treinado e estruturas adequadas, mas, sobretudo, com a cooperação da população, por isso jamais deixaremos de apelar para o bom senso e de contar com a sensibilização das pessoas”, destacou.

Em Paço do Lumiar, por exemplo, uma unidade de saúde está em obras de adequação para ser utilizada no enfrentamento à doença. Na cidade de Imperatriz, o executivo estadual estabeleceu parceria com a prefeitura para fortalecer o combate à doença, além de fortalecer a estrutura do Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto e redimensionar o Hospital Regional Materno Infantil (HRMI), unidades que integram a rede da SES.

Os serviços realizados nos municípios de Lago da Pedra, Viana, Santa Luzia do Paruá, Itapecuru Mirim e Pinheiro entraram em fase de conclusão para que as unidades sejam, em breve, entregues à população.

Das obras e serviços que estão em fase de conclusão, o primeiro a ser entregue é o Hospital de Campanha de Santa Inês, na segunda-feira (1°). Com capacidade para até 40 leitos, a estrutura contará com recepção, posto de enfermagem, farmácia, sala de estabilização, leitos, administração, sala de repouso para médicos e equipe de enfermagem, entre outros ambientes.

Nesta quinta-feira (28), a SES entregou um Hospital de Campanha em Bacabal, gerenciado pelo município, bem como abriu o mesmo serviço nas cidades de Açailândia e de São Luís no início do mês. Também foram entregues ambulatórios em Chapadinha, Santa Inês, na capital do estado e em Imperatriz, aumentando a cobertura de tratamento especializado e dispensação medicamentosa aos pacientes com a Covid-19, evitando agravamento do quadro clínico, internação e a lotação de unidades de urgência.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *