Porto Rico do Maranhão ganha novo hospital entregue pelo Governo do Estado

O Governo do Estado realizou a entrega do novo Hospital Municipal de Porto Rico do Maranhão, nesta sexta-feira (12). A unidade hospitalar de 20 leitos garantirá atendimento de urgência e emergência, internação em clínica médica, cirúrgica e pediátrica.

Durante a solenidade, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, destacou os investimentos que estão sendo feitos pelo Governo para garantir a assistência em saúde aos portoriquenses. “É com muita alegria que a gente entrega o Hospital Municipal de Porto Rico. A cidade ganha hoje o que há de mais moderno na saúde pública hospitalar. A unidade também vai contar com uma ajuda mensal do Governo do Estado para garantir o melhor atendimento à população”, informou.

O chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, também presente ao evento, ressaltou a parceria do Governo e Prefeitura que garantiu a abertura da nova unidade de saúde. “Esta inauguração não é um ponto de chegada, mas de partida. A unidade chega para melhorar as condições de saúde de todo o município. Tão importante como inaugurar é manter, por isso a parceria entre Município e Governo do Estado é importante para que isso aconteça”, afirmou.

A prefeita Tatyana Mendes também destacou o apoio recebido da gestão estadual. “Eu quero agradecer muito ao governador Flávio Dino porque o nosso município sozinho não teria conseguido entregar este hospital. É um hospital que dará dignidade a nossa população com os equipamentos mais modernos que existem. Todo esforço valeu a pena”, enfatizou.

O Hospital Municipal de Porto Rico do Maranhão ofertará serviços de apoio diagnóstico em análises clínicas, radiologia e ultrassonografia. A unidade dispõe, ainda, de seis leitos de clínica médica, seis de clínica cirúrgica, quatro leitos de pediatria, três de obstetrícia e um leito individual. A gestão do novo hospital é de responsabilidade da Prefeitura.

Fala povo!

“Esse hospital é uma bênção para gente! Vai ser bom para todo mundo porque não tínhamos uma unidade como essa e sempre precisávamos ir para outras cidades para ter atendimento”.
Adigine do Rosário Brito Gomes, 29 anos

“Agora, vai ser bom para mim e também para todo mundo, que terá onde buscar atendimento, porque há anos que a cidade precisava desse hospital novo, pois estava fechado há anos por falta de estrutura”.
Sérgio Segnis, 71 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *