Festejo de São Marçal está com o “pé na cova”

 

O festejo de São Marçal, que ocorre no bairro do João Paulo, completa noventa anos de tradição e, ao que tudo indica, está caminhando para o seu fim. Sem o apoio financeiro do poder público, como ocorria nos anos anteriores, os grupos de bumba-boi tiveram que se organizar, praticamente por conta própria, para que o festejo fosse realizado neste ano.

Contudo, a festa realizada hoje está muito aquém do que já foi esse festejo. Notou-se uma diminuição drástica de público. Antes era difícil caminhar entre a multidão, hoje havia pessoas mais concentradas perto da brincadeiras, porém, ainda assim, com muitos espaços vazios. Inclusive, até o Exército que servia o tradicional caldo de feijão já há 40 anos, esse ano não o fez.

Lamentável que uma festa absolutamente cultural esteja morrendo, ao invés de ganhar investimentos e infraestrutura, melhorando o turismo nesse período, já que em nenhum outro lugar do mundo é possível vivenciar as batidas fortes dos bois de matraca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *