Prefeitura promove atividades de lazer e entretenimento na Semana do Idoso

A Prefeitura de São Luís, por meio do Instituto de Previdência e
Assistência do Município (Ipam), realiza uma série de atividades socioculturais
na Semana do Idoso. A programação se concentrou no Espigão Costeiro com
momentos de lazer, aulas de aeróbica de ritmos e de zumba, além do show da
cantora Vanessa Furtado. Nesta quarta-feira (30), o evento encerrou com almoço
de confraternização, no Centro de Convivência do Olho D´Água, seguido de visita
ao Parque Botânico da Vale. O conjunto de atividades integra o projeto Viver
Mais, desenvolvido pela gestão municipal.
Este ano, o tema do evento foi “O Idoso como ator no
Contexto Social e Cultural”. De acordo com o presidente do Ipam, Raimundo
Penha, o objetivo é desenvolver atividades socioculturais voltadas para o
bem-estar dos idosos. “Essa convivência, entrosamento com atividades de
lazer, ajudam a elevar a qualidade de vida, principalmente, nesta idade. É uma
determinação do prefeito Edivaldo a valorização dos nossos idosos e nós fazemos
tudo isso com carinho porque eles são especiais e merecem toda a nossa
atenção”, disse.
Raimundo Penha explicou que a ação é voltada não só visando ao
bem-estar dos idosos aposentados e pensionistas do município, bem como daqueles
que estão na área de abrangência do Centro de Convivência do Ipam e dos mais
diversos centros sociais. Segundo ele, a cultura é reconhecida como um direito
social constitucional e o Ministério da Cultura assumiu, em 2003, por meio da
lei 10.741, o compromisso de assegurar e valorizar o direito à cultura ao idoso
com absoluta prioridade, a fim de contribuir com a valorização da terceira
idade.
O projeto Viver Mais visa ao bem-estar da pessoa da terceira
idade. As atividades da Semana do Idoso foram organizadas e executadas por uma
equipe multidisciplinar com foco na melhoria da qualidade de vida, garantia do
direito à cidadania, estimulando a socialização e integração entre os idosos
dos diferentes centros sociais.
A aposentada Maria do Livramento Silva, 74 anos, aprovou a
programação da Semana do Idoso e aproveitou as aulas, ao ar livre, no Espigão,
para se exercitar. Segundo ela, essa integração, proporcionada pelo projeto
Viver Mais, é contagiante e a faz se sentir revigorada. “Essa ação é muito
importante para a terceira idade. Participo com prazer. Todos os idosos
deveriam experimentar essas atividades”, disse.
DIA DO IDOSO
No dia 1º de outubro celebra-se o Dia
do Idoso no Brasil. Até 2006, a data era comemorada no dia 27 de setembro. Isso
porque, em 1999, a Comissão pela Educação, do Senado Federal, havia instituído
tal data para a reflexão sobre a situação da pessoa da terceira idade na
sociedade, ou seja, a realidade em questões ligadas à saúde, convívio familiar,
abandono, sexualidade, aposentadoria.
No dia 1º de outubro de 2003, porém,
foi aprovada a Lei nº 10.741, que tornou vigente o Estatuto do Idoso. Pelo fato
de ter sido instituído em 1º de Outubro, em 2006, foi criada uma outra lei (a
Lei nº 11.433, de 28 de Dezembro de 2006) para transferir o Dia do Idoso para a
nova data: 1º de outubro.
VIVER MAIS
O projeto tem como finalidade
garantir a melhoria da qualidade de vida de aposentados, pensionistas,
servidores municipais e seus dependentes na capital maranhense. É também aberto
à comunidade idosa da área de abrangência do Centro de Convivência, Olho d’Água.
O “Viver Mais” é desenvolvido através do Ipam e conta com a parceria
das secretarias municipais de Desportos e Lazer (Semdel), Administração
(Semad), Criança e Assistência Social (Semcas), Segurança com Cidadania
(Semusc), entre outros órgãos.
As atividades do projeto “Viver
Mais” foram expandidas para atender também os servidores municipais ativos
e seus dependentes. Os beneficiários têm como opções de atividades escolinha de
natação, vôlei, futebol e futsal (para filhos de servidores), hidroginástica,
treinamento funcional, aulas de zumba e dança de salão para servidores, jogos
de salão e recreação aos finais de semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *