STF decreta que PT não formou quadrilha

Cai
condenação por crime de formação de quadrilha na AP 470; ministro Teori
Zavascki concluiu voto pela absolvição às 10h55, marcando 5 a 1; formação da
maioria foi feita por Rosa Weber, que reafirmou em seguida seu voto anterior
pela absolvição; com os votos de Luís Roberto Barroso, Dias Toffoli, Carmen
Lúcia, Ricardo Lewandowski, Teori Zavascki e Rosa Weber, embargos infringentes
são aceitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *