“VIPs”: estelionatário se passa por sobrinho de Sílvio Santos em Imperatriz

Uma ação
da Polícia Civil de Açailândia com a colaboração do Núcleo de Inteligência de
Imperatriz, realizada na última terça-feira (26), culminou com a prisão de
Leandro Roberto Carnicer de Moraes, 34 anos, que se passava pelo sobrinho do
apresentador Sílvio Santos, usando o nome falso de Yaacov Abravanel.

As
investigações acerca dos fatos foram iniciadas há um mês, após uma Audiência
Pública na Câmara de Vereadores de Açailândia com representantes de várias
entidades de caráter público e da sociedade civil, com representantes de bares,
hotéis e motéis. Na ocasião, “Yaacov” participou do evento como
representante de um hotel da cidade, na condição de diretor administrativo do
estabelecimento. Em declaração, ele disse que era delegado de uma respeitada
entidade Interamericana de Direitos Humanos, e que abriria um escritório na
cidade.

Segundo
informações repassadas pelo delegado Regional de Açailândia, Vital Rodrigues de
Carvalho, denúncias chegaram até a delegacia de que um cidadão que, além de
dizer-se sobrinho de Sílvio Santos, tinha várias outras ocupações, dentre as
quais: rabino, juiz arbitral e pregador. Em posse destas informações, o
delegado deu início a uma investigação para apurar os fatos.

O
delegado ressaltou que em pesquisas e levantamentos de informações, inclusive
nas redes sociais, conseguiu a Ficha de Cadastro Civil do mesmo, com identidade
no estado de São Paulo em que constava o nome de Leandro Roberto Carnicer de
Moraes, nascido em 16 de junho 1978 naquele estado. As investigações deram
conta também que o farsante estaria abrindo clínicas médicas nas cidades de
Açailândia e Imperatriz.

O
delegado Vital disse ainda, que teve acesso a cartões de identificação
profissional distribuídos por ele, onde constava o nome da clínica, Instituto
de Psicanálise Clínica Freudiana Dr. Yaacov Abravanel, além dos números de
contatos e endereço do estabelecimento, localizado na Rua João Lisboa, 1174,
Centro de Imperatriz. Em posse destas informações, o Serviço de Inteligência de
Imperatriz foi contactado.

Os
policiais, então, seguiram até a clínica, onde efetuaram a prisão do
estelionatário, no momento em que ele atendia um paciente. Com ele, foi
apreendido uma Carteira de Juiz Arbitral, de formação superior em curso de
Psicologia.

Após
buscas no veículo e no apartamento do detido, os policiais encontraram ainda, vários
outros objetos e documentos suspeitos, como Distintivo de Delegado de Polícia
Civil, com corrente para pendurá-lo ao pescoço, uso de Brasão com símbolos
Nacionais, rádio de comunicação, iguais aos utilizados pela polícia, inclusive
com sirenes; camisa da Polícia Civil de São Paulo; Brasões de Juiz Arbitral e
de Polícia Civil, no pára-brisas do veículo; além de uma agenda, que constavam
anotações sobre consultas dos pacientes deles.

Leandro
foi autuado em flagrante delito, pelo delegado Vital pelos crimes de Falsidade
Ideológica, Estelionato, uso indevido de marcas, logotipo, siglas,
identificadores de órgãos ou entidades da Administração Pública e uso
clandestino de equipamentos e telecomunicações. Ele está custodiado na Regional
de Imperatriz à disposição da justiça.

Segundo
informações policias, o autuado estava há cerca de três meses em Açailândia,
onde se hospedava em um Hotel, e com frequência ia a Imperatriz, onde
funcionava a Clínica dele, e se hospedava em um apartamento no Condomínio
Jussara.

 

Central
de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *