Governo reforça combate à Covid-19 nas regionais de saúde de Zé Doca, Viana e Pinheiro

A Secretaria de Estado da Saúde dialogou com juízes e promotores de justiça das regionais de Zé Doca, Viana e Pinheiro sobre demandas para o enfrentamento ao coronavírus. Na oportunidade, o secretário Carlos Lula apresentou alguns dos investimentos que o Governo do Estado tem feito para fortalecer o combate à doença na região.

“Para evitar o translado de pacientes para São Luís, vamos inaugurar dois hospitais na região, um em Viana e outro em Santa Luzia do Paruá. Os hospitais estão em fase final de obras para início da montagem dos equipamentos. Logo serão entregues à população”, disse o secretário.

Desde o início da pandemia, o executivo estadual tem investindo na ampliação da assistência em saúde nas cidades fora da Grande Ilha. O Governo ampliou a rede destinada ao tratamento ambulatorial e hospitalar dos pacientes com Covid-19, que estão distribuídas nas cidades de Pinheiro, Santa Inês, Bacabal, Coroatá, Chapadinha, Timon, Presidente Dutra, Balsas, Imperatriz, Peritoró, Barreirinhas, Açailândia, Caxias, Colinas e Timbiras.

De acordo com a juíza da comarca de Pinheiro, Teresa Palhares, é gratificante saber que o poder público tem demonstrado interesse pela região. “A baixada tem buscado sua força por meio da união. Parabenizo a todos por estarem sendo a voz de uma população tão carente do nosso estado”, destacou.

Investimentos

Na segunda-feira (13), foi inaugurado o Hospital de Campanha de São Luís com capacidade de 200 leitos. Destes, 50 já estão ocupados. A estrutura foi montada também pensando nos pacientes vindos do interior como forma de assisti-los, que é o que deve acontecer nas próximas semanas dado o cenário de disseminação da doença fora da Grande Ilha.

Também em Cururupu, na Santa Casa de Misericórdia, o Governo do Estado vai investir no reforço do atendimento aos pacientes com Coronavírus. Além do custeio dos profissionais que trabalham com os infectados, a unidade conta com uma nova ambulância equipada com respiradores e demais aparelhos de UTI móvel.

Para o juiz da comarca de Cururupu, Douglas Lima, que também participou da videoconferência, tem sido importante estabelecer diálogo com a gestão estadual durante o cenário de pandemia. “É muito importante continuarmos a manter esse canal de diálogo com todos os envolvidos, assim como ouvir a área técnica e o que ciência tem a dizer, sobretudo a Secretaria de Saúde e as suas decisões para o enfrentamento da pandemia”, disse.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *