Governo apresenta trabalho sobre gás natural para indústria e veículos, na Assembleia

Atendendo ao pedido do deputado Fábio Macêdo, o secretário de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Simplício Araújo, compareceu na Comissão de Assuntos Econômicos da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (5), para apresentar os trabalhos realizados na cadeia produtiva do gás natural, referentes as tratativas da Eneva, empresa que produz gás natural no Maranhão, na região do Médio Mearim. O gestor da Seinc discorreu sobre os avanços e desafios da cadeia, e do trabalho realizado para atração e expansão de investimentos no Maranhão.

Recentemente, o Governo do Estado por meio da Seinc e a empresa, assinaram um termo de cooperação para ampliar a produção de gás natural no Maranhão, visando garantir o uso  para indústrias e veículos, em especial transporte de passageiros. A produção será a partir do campo de Morada Nova, localizado na cidade de Bacabal.

Atualmente, o gás natural produzido no Estado é utilizado para geração de energia elétrica, no complexo termelétrico da empresa, instalado em Santo Antônio dos Lopes.

A Seinc e a Eneva vêm discutido as diretrizes do programa Novo Mercado de Gás, uma iniciativa do Governo Federal que busca a implantação de medidas efetivas para ampliar a competitividade do setor de gás natural no País. O Governo se propôs a adotar tais diretrizes, trazendo maior competitividade e estímulo ao desenvolvimento do mercado local e permitindo o fornecimento dessa riqueza natural também para uso industrial e veicular no Maranhão.

Simplício Araújo pontuou, ainda, que o Governo do Estado está em fase de elaboração de uma lei estadual que reestrutura a comercialização do gás natural. Segundo ele, o investimento da empresa será de R$ 90 milhões, que inclui a construção de cluster. “Os trabalhos da empresa devem durar de 18 a 24 meses, após a aprovação da lei. Com mais esse investimento, vamos ampliar não só a cadeia, mas daremos uma nova perspectiva ao setor no Maranhão”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *