Caso Bacabal: três mortos, dois presos e pessoas que juntaram dinheiro do chão detidas

A polícia continua na busca por outros suspeitos do ataque à cidade de Bacabal, onde bandidos fortemente armados arrombaram o Banco do Brasil e roubaram uma quantia ainda não divulgada. Várias equipes das polícias Civil e Militar foram deslocadas para o município e cidades vizinhas.

Na ocasião três criminosos foram mortos e dois presos, sendo que um deles foi baleado, durante confronto com a polícia da cidade. Um dos suspeitos mortos é do estado de Tocantins. A Polícia está estudando a conexão dos envolvidos com quadrilhas de outros estados.

Os bandidos tocaram o terro na noite do último domingo em Bacabal, bloquearam as duas pontes da BR-316 e a entrada da delegacia regional. Em vídeos que estão circulando pela internet é possível perceber o desespero de pessoas, e a quantidade de tiros que foram disparados.

Na fuga, os bandidos teriam jogado um malote de dinheiro na cidade de Alto Alegre, já 42km distante de Bacabal, duas pessoas foram detidas pela polícia pois foram surpreendidas com o dinheiro do roubo. Na delegacia, elas informaram que não faziam parte da quadrilha e que juntaram o dinheiro do chão como várias outras pessoas da cidade. Muito dinheiro ainda foi recolhido e enviado para a Delegacia Regional de Bacabal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *