Governadora entrega novas unidades de Saúde‏‏ em São Luís e interior

Agência de Notícias
Quatro Unidades de Pronto Atendimento (UPA), três hospitais de 20 leitos, um Centro de Medicina Especializada e as novas instalações da Farmácia de Medicamentos Especializados (Feme) fazem parte do primeiro grande pacote de obras do Programa Saúde é Vida que será entregue pelo governo Roseana Sarney, na capital e interior do estado, até o dia 15 de setembro. Está prevista ainda a inauguração do centro cirúrgico do Hospital Infantil Juvêncio Matos, a implantação de cirurgias de alta complexidade no Hospital Tarquínio Lopes Filho (Geral) e a reativação do 3° e do 5° andares do Hospital Carlos Macieira, garantindo ainda mais qualidade  à assistência prestada à população maranhense.
Conforme a programação, a maratona de inaugurações comandada pela governadora Roseana Sarney e pelo secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, terá início nesta segunda-feira (29), às 16h, pela UPA do Parque Vitória, construída com recursos dos governos federal e estadual. Também faz parte deste grupo a UPA de Coroatá, cuja inauguração está marcada para dia 14 de setembro. Ambas têm as mesmas características da unidade do Itaqui-Bacanga, que em pouco mais de um ano de atividade já atendeu cerca de 100 mil usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Integrantes do componente pré-hospitalar fixo, as UPAS são estruturas de complexidade intermediária entre as unidades básicas de saúde e as portas de urgência hospitalares, com acolhimento e classificação de risco, em conformidade com a Política Nacional de Atenção às Urgências.

No Parque Vitória (município de São José de Ribamar) e em Coroatá, as duas UPAs funcionarão em regime de plantão 24 horas, com atendimento em pediatria e clínica geral. Serão oferecidos também exames laboratoriais e eletrocardiograma.

UPAS estaduais
Construídas com recursos exclusivos do Tesouro Estadual, as Unidades de Pronto Atendimento do Vinhais – com inauguração agendada para dia 1º de setembro – e a da Cidade Operária, cuja abertura está prevista para as 10h do dia 2 de setembro, contam com estrutura diferenciada das UPAs federais, mas têm a mesma finalidade e oferecem os mesmos serviços. Elas funcionarão em prédios anexos ao Centro de Saúde do Vinhais e do PAM Cidade Operária.
Na UPA da Cidade Operária, a população disporá também de atendimento em ortopedia e odontológico 24 horas. “É mais um serviço, um diferencial para garantir aos pacientes a melhor e mais completa assistência”, assinalou o secretário Ricardo Murad.
Na região dos Lençóis Maranhenses, nos municípios de Paulino Neves e Morros, serão inaugurados dois hospitais estaduais de 20 leitos para dar suporte ao mega projeto turístico do governo estadual para a chamada Rota das Emoções. Na terça-feira (30), será entregue o de Paulino Neves. O de Morros entrará em operação dia 15 de setembro. Construídos em área de 1.342 metros quadrados, esses hospitais funcionarão com Serviço de Pronto Atendimento (SPA) 24 horas, internações em clínica médica e pediátrica, serviços de apoio e diagnóstico (laboratório e raio-X).
Também será beneficiado com hospital de 20 leitos do Programa Saúde é Vida o município de Magalhães de Almeida, onde a obra será entregue à população no dia 6 de setembro.
Em São Luís, onde se concentra uma população superior a um milhão de habitantes, a assistência à saúde também ganhará importantes e modernas unidades. O Centro de Medicina Especializada (Cemesp) é uma delas. Instalado no Bairro de Fátima, o centro, também conhecido como antigo Hospital Riod, servirá de referência em atenção secundária para os pacientes acometidos por complicações decorrentes de diabetes e hipertensão. Essas duas doenças juntas são causadoras de grande parte dos infartos do miocárdio, AVC, insuficiência renal, entre outros. “Por essa razão, percebemos a necessidade de abrir um serviço especializado para atender as pessoas que têm dificuldades de controlar essas doenças”, destacou Ricardo Murad.    
Os usuários do SUS encontrarão no local todos os equipamentos e estrutura para fazer avaliações cardiológicas, neurológicas e vascular-periféricas. Além do suporte em outras áreas, entre elas oftalmologia, nutrição, pneumologia, reumatologia e ginecologia. A inauguração do Cemesp está marcada para o dia 13 de setembro.
No 3° e no 5° andares do Hospital Carlos Macieira foram implantados mais 13 leitos de UTI, 25 leitos de Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) e 44 leitos de clínica médica com o que existe de mais moderno e avançado na medicina brasileira
Feme

Para garantir mais conforto e comodidade aos pacientes que procuram o serviço, a SES inaugurará no dia 12 de setembro as novas instalações da Farmácia Estadual de Medicamentos Excepcionais (Feme). Situado na Praia Grande, o novo prédio tem localização estratégica para facilitar o acesso à Farmácia, ao lado do Viva Cidadão e em frente ao Terminal da Integração da Praia Grande.

No projeto da nova Feme, foram contemplados rampas e outros recursos para garantir acessibilidade a portadores de deficiência, incluindo um elevador para fazer o transporte entre os dois andares. O espaço maior possibilitará melhor organização dos serviços e a implantação do programa de humanização no local, qualificando o atendimento de milhares de pessoas portadoras de doenças graves e que necessitam de medicamentos caros.
Centros cirúrgicos
O pacote de inaugurações na capital inclui o centro cirúrgico do Hospital Infantil Juvêncio Matos, que será reaberto dia 1° de setembro, e a ampliação do atendimento do centro cirúrgico do Hospital Tarquínio Lopes Filho (Geral). Totalmente reformado e reequipado para a realização de cirurgias de média complexidade, o centro cirúrgico do Juvêncio Mattos contará com três salas e passará a realizar também cirurgias especiais para tratamento do lábio leporino e fenda palatina.

No caso do Hospital Geral, cinco salas foram reequipadas com aparelhos de última geração para realizar cirurgias oncológicas, urológicas, ortopédicas e neurocirurgias de alta complexidade. Parte dos equipamentos adquiridos pela SES só poderá ser vista no local. É o caso dos carros de anestesia, inéditos no estado, cuja tecnologia garante maior segurança ao paciente. Dos cinco focos cirúrgicos adquiridos, dois deles utilizam as lâmpadas de LED, que gastam menos, são mais eficientes e adequadas para as cirurgias de maior porte.

“Todos os investimentos realizados no Hospital Geral têm a finalidade de dotá-lo de toda a estrutura e capacidade para realizar procedimentos de média e alta complexidade, com toda a qualidade que a nossa população merece”, disse o secretário de Saúde, acrescentando que este ano a governadora Roseana Sarney já inaugurou no mesmo hospital 11 novos leitos de UTI e o novo centro cirúrgico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *