Soldado suspeito de participar da chacina contra adolescentes é preso em São Luís

Hamilton é um dos três militares acusados participação no crime contra os menores.

A polícia prendeu o policial militar Hamilton Linhares do Comando de Operações Especiais, supostamente envolvido na chacina no último dia 03, de três adolescentes no bairro Coquilho, zona rural de São Luís.

O PM foi preso ao se apresentar para trabalhar na manhã desta segunda-feira (07). Ele esta no Comando Geral.

De acordo com o Secretário de Segurança, Jefferson Portela, as investigações apontam  três PMs envolvidos, um estava armado e teria deixado cair o celular ao lado do corpo dos menores.

O superintendente Lúcio Rogério do Nascimento Reis, da Delegacia de homicídios, começou a ouvir hoje os depoimentos dos  funcionários da empresa de segurança que também são suspeitos de envolvimento no caso.

As vítimas foram Gustavo Feitosa Monroe, de 18 anos, Joanderson da Silva Diniz, de 17 anos e Gildean Castro Silva, de 14 anos. Os três foram executados com tiros na cabeça quando se deslocavam para catar caranguejo em uma área de mangue, na comunidade de Mato Grosso, na zona rural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *