Passageiros seriam o alvo dos bandidos que mataram motorista do UBER

 

Resultado de imagem para uber motorista morto liberdade

A Polícia Civil informou nesta quinta-feira (10), durante uma coletiva de imprensa,  que o motorista do aplicativo Uber, Edmilson Azevedo,54 anos, pode ter sido morto por engano  após o veículo dele ser alvo de tiros, no último dia 06 na avenida Luiz Rocha, na Liberdade.

O delegado Clarismar de Oliveira Campos Filho, da Superintendência de Homicídios e Proteção à pessoa (SHPP), disse que a polícia está trabalhando com duas linhas de investigação. A primeira trata o caso como uma briga de trânsito. A outra  é que o alvo seria os passageiros do veículo.

O delegado disse  que os quatros ocupantes do carro já foram ouvidos e relataram  que a briga teria partido do próprio motorista, porém para a polícia  é pouco provável que isso tenha ocorrido.

Um dos ocupantes do carro foi preso na manhã desta quinta (10) por ter um mandado de prisão em aberto por roubo. Esse fato colabora para a segunda linha de investigação, que trata o caso como um suposto acerto de contas“, pontuou o delegado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *