Hospital de Câncer do Maranhão realiza mutirão de consultas e cirurgias urológicas no ‘Novembro Azul’

Resultado de imagem para hospital do cancer em são luís
Como parte da programação alusiva ao Novembro Azul, o Hospital de Câncer do Maranhão realizará mutirão de cirurgias urológicas, com pacientes regulados, nesta sexta-feira (17), além do mutirão de consultas, que será realizado no sábado (18). A iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), propõe a prevenção e o combate ao câncer de próstata, de pênis e doenças crônicas não transmissíveis.

Segundo o diretor clínico do Hospital de Câncer do Maranhão, Stênio Roberto de Castro Lima Santos, serão oferecidas consultas urológicas e avaliação prostática para pacientes do sexo masculino, com idade a partir de 40 anos. Caso a doença seja confirmada, os pacientes serão inscritos para procedimentos cirúrgicos e terapêuticos.

“No Novembro Azul nós intensificamos os cuidados que já oferecemos aos nossos pacientes. Essa intensificação se dá pelo aumento do número de consultas e durante as campanhas de prevenção interna e externa. Os mutirões para tratamento do câncer de próstata servem, principalmente, para agilizar o atendimento a estes pacientes”, destacou.

A coordenadora ambulatorial, Ianne Diniz, explicou que a ação vai orientar a população sobre os riscos do câncer de próstata e pênis, assim como evidenciar a importância da realização de exames preventivos (PSA e toque) em homens a partir dos 40 anos, os cuidados com alimentação e hábitos de vida.

“No dia 18, a ação vai iniciar às 7h, onde serão distribuídas 100 senhas. O objetivo é alertar para a necessidade da prevenção e quebrar o estigma do preconceito, do machismo. A prevenção não é apenas em novembro, mas sim durante todo o ano”, afirmou.

Para participar do mutirão de consultas, o paciente deve realizar o agendamento por meio do número do call center 3218-8678. O atendimento será realizado no ambulatório do Hospital de Câncer do Maranhão.

De janeiro a outubro deste ano, a unidade realizou 80 cirurgias de próstata e outros 23 procedimentos cirúrgicos envolvendo o câncer de pênis, 11 casos a mais que no ano anterior. “A gente sabe que os pacientes oncológicos não podem esperar mais do que dois meses para fazer uma cirurgia, por isso o Hospital do Câncer sempre aproveita para realizar os mutirões”, afirmou o urologista Nilson Paiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *