Prefeitura e Sebrae realizam Rodada de Crédito para estimular o setor agrícola de São Luís

Mais estímulos ao pequeno produtor e investimentos no setor agrícola de São Luís. Foi com esse propósito que a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), realizou, nesta segunda-feira (30), a Rodada de Crédito, em parceria com o Sebrae. A iniciativa visa oportunizar aos produtores locais a obtenção de informações sobre linhas de créditos para fomento da produção e regularização financeira, com vista à sua reabilitação para novas modalidades creditícias junto ao Banco do Brasil e Banco do Nordeste, que também são parceiros da ação. Palestras sobre incentivo à formalização no setor agrícola; orientação para o Microempreendedor Individual (MEI) integraram ainda a programação do evento.

A abertura dos trabalhos foi realizada em solenidade ocorrida no auditório do Sebrae, com a presença do titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues, que destacou a iniciativa como mais uma ação inovadora da gestão do prefeito executada com o objetivo de impulsionar o desenvolvimento do setor agrícola, valorizar o pequeno produtor e consolidar uma política de credito agrícola voltada aos produtores da capital.

“A realização desse evento é uma orientação do prefeito que quer consolidar, até o final da sua gestão, 10 cadeias produtivas de culturas sustentáveis em São Luís. Para atingirmos essa meta, uma série de ações está sendo adotada, entre elas essa Rodada de Crédito, para estimular e facilitar a negociação ou a renegociação com as instituições financeiras parceiras da ação, abrindo, assim, um leque de perspectivas para a aquisição de novas linhas disponíveis ao setor. Feita a negociação, imediatamente o produtor volta a ter alternativas de crédito abertas para sua produção”, afirmou Ivaldo Rodrigues.

O secretário pontuou ainda que a Rodada de Crédito é destinada a todo tipo de agronegócios, pequenos empreendedores das feiras e mercados locais e artesãos, beneficiando desde a produção até o abastecimento.

O vice-presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-MA, Raimundo Coelho, também ressaltou a iniciativa como uma junção de esforços em favor do pequeno negócio local. “O Sebrae está sempre se mobilizando para alavancar os pequenos negócios. E esta parceria com a Prefeitura de São Luís é mais uma importante ação nesse sentido, para orientar e mostrar os caminhos viáveis para o desenvolvimento das atividades produtivas locais. Em momentos de crise temos que buscar novas alternativas e é isso o que estamos fazendo com a Rodada de Negócios. São Luís tem muitas vocações e uma delas é a agricultura, um setor extremamente importante e que muito tem ajudado o país a vencer a crise”, observou Raimundo Coelho.

O vice-presidente do Conselho do Sebrae destacou, ainda, que os agricultores maranhenses têm dado exemplo às demais atividades produtivas. Segundo ele, o agronegócio do Maranhão registrou um crescimento de 22%, destacando-se como o primeiro estado da federação em crescimento percentual no setor. “Os números vertiginosos na área deram também ao Maranhão a segunda colocação em crescimento do PIB Brasil, com 3.2%”, acrescentou Coelho.

PROPOSTAS

Durante a Rodada de Crédito foram instaladas salas para o Banco do Nordeste e Banco do Brasil receberem os agricultores e apresentarem suas linhas de financiamento. Na ocasião, os produtores puderam conversar individualmente com o representante de cada instituição, conhecer melhor a proposta de cada uma, renegociar dívidas anteriores e abrir nova negociação em alguma das modalidades creditícias apresentadas pelas instituições.

Entre as linhas de créditos disponibilizadas aos produtores estão o Microcrédito Rural, o Crediamigo, o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), entre outras alternativas financeiras.

“O Banco do Brasil se sente muito honrado em ser parceiro dessa iniciativa louvável realizada pela Prefeitura de São Luís e o Sebrae. Estamos aqui para dizer aos produtores que eles podem contar conosco para analisarmos a melhor maneira de ajudá-los a quitarem suas dívidas e adquirirem novos créditos junto à instituição”, disse o superintendente do Banco do Brasil no Maranhão, Igor Júnior.

Ainda como parte da programação do evento, que contou com a presença de dezenas de produtores agrícolas locais, houve palestras sobre incentivo à formalização no setor agrícola; orientação para o Microempreendedor Individual (MEI), negociações financeiras de débitos e orientações para aquisição de novas linhas de créditos e microcréditos.

O pioneirismo da ação também foi destacado pelo representante das Feiras e Mercados de São Luís, Francisco Soares. “É algo jamais visto em São Luís: a Prefeitura tomando a frente para facilitação do crédito em benefício dos pequenos agricultores da Ilha”, disse ele.

A artesã Edivanda Nascimento, 45 anos, uma das participantes do evento, enalteceu a iniciativa realizada pela Prefeitura. “Precisamos de ações como esta para estimular a atividade dos pequenos produtores. Quero conhecer aqui todas as linhas de crédito disponibilizadas e analisar a melhor para a minha atividade. Sei que muitos produtores não têm conhecimento das diversas modalidades apresentadas aqui e o evento serve para orientar nesse sentido também”, disse a artesã.

Participaram também da cerimônia de abertura da Primeira Rodada de Crédito, o secretário adjunto da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), Emerson Macedo; o vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho; a secretária municipal de Segurança Alimentar, Fátima Ribeiro; o representante do Banco do Nordeste, Cesar Ney Teixeira; o secretário de Política Agrária do Sindicato de Agricultores de São Luís, Cleuson Alves; entre outras autoridades políticas, empresariais e comunitárias locais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *