“Enquanto estados fecham hospitais, no Maranhão, Flávio Dino amplia serviços”, diz Rubens Júnior

O deputado federal Rubens Júnior (PCdoB) afirmou que os avanços alcançados na saúde do Maranhão em um curto tempo só foram possíveis por conta da boa gestão e do fim da corrução, “tão arraigada na Secretaria de Saúde no governo passado”, disse.

O parlamentar destacou, ainda, a boa condição do Maranhão diante de outros estados brasileiros. “Enquanto fecham hospitais pelo Brasil, aqui, o Flávio Dino amplia serviços. Isso só é possível quando existe honestidade”, complementou.

O governador Flávio Dino entregou em São Luís, o Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO), uma unidade inédita no Estado capaz de atender casos de alta complexidade. Com o novo prédio, a rede pública estadual na capital passa das atuais 80 cirurgias por mês para 400. Ou seja, a capacidade é multiplicada por cinco, o que vai desafogar a fila por cirurgias. Em 2014, eram apenas 30 cirurgias por mês.

O novo hospital fica no Jardim Eldorado. Ele vai atender pacientes tanto da Grande Ilha como de outros municípios. Flávio lembrou que a inauguração do hospital representa um marco para a Saúde maranhense. E que foi preciso vencer resistências para que o HTO fosse entregue à população.

“Não perdemos nunca a alegria de fazer o bem. Esse é o milagre desse governo, o milagre da multiplicação das oportunidades, da luta obstinada pela igualdade, de não ter medo de nada e nem de ninguém”, disse o governador durante a entrega do hospital.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, disse que o hospital era um pedido antigo dos médicos no estado. Ele previu que, em um ano, a fila de espera por cirurgias vai estar consideravelmente menor. Hoje, são cerca de 2 mil pessoas no aguardo.

O HTO tem capacidade para 4,8 mil cirurgias por ano, mas “a fila vai ganhando novos componentes a cada dia”, principalmente por causa dos acidentes de moto, frisou o secretário.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *