Casal é preso no Renascença com 86 kg de maconha que seria comercializada durante o carnaval na região metropolitana da capital

Policiais da Superintendência Estadual
de Investigações Criminais (SEIC) prendeu nas imediações do Renascença, o casal
João Victor Gomes Ayres (23), Maria Carolina da Rocha Silva (22) e Nivaldo dos
Reis Amorim (32), envolvidos nos crimes de tráfico de drogas e associação ao
tráfico em São Luís. 
Segundo
o superintendente, Tiago Bardal, depois de receber uma denúncia anônima, os
investigadores da SEIC, realizaram incursões na Praça do Bigode, localizada no
bairro do Jardim Renascença, foi constatado que o casal João Victor e Maria
Carolina estava utilizando um veículo de marca Polo, cor preta, placa NHC 3527,
para comercialização de entorpecentes para Nivaldo Amorim.
O entorpecente foi
encontrado dentro de duas caixas de papelão no porta mala do carro, cerca de 86
kg de maconha prensada. Vale advertir que mais dois homens participavam da
negociação, mais conseguiram empreender fuga.
O casal
João e Maria até então não possuem antecedentes criminais, e Nilvaldo estava
cumprindo prisão domiciliar, pois já possui antecedentes por roubo e tráfico de
drogas. 

Segundo
relatos do trio esse entorpecente é oriundo do estado do Paraguai, sendo
negociada entre os valores de R$ 3.000,00 a 4.000,00 cada tablete, pois essa
droga e denominada de “Skank”, geneticamente modificada, sendo mais forte. Essa
apreensão soma o prejuízo de mais de 250.000 mil reais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *