Santa Inês: prefeito Ribamar Alves é preso sob suspeita de estupro

O
prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves (61 anos), foi preso na manhã desta
sexta-feira, (29), acusado da prática de estupro. A prisão se deu em ocorrência
da denúncia repassada por uma estudante de Direito de 18 anos, que afirma ter sido
violentada sexualmente pelo atual gestor. O estupro teria ocorrido em
um motel nas proximidades do IFMA, naquela cidade. Depois do ocorrido, a jovem estuprada
teria ameaçado denunciá-lo, o prefeito teria oferecido à mesma, para que
não  falasse nada, cerca de 70 mil reais.

O
advogado de Ribamar Alves confirmou que o prefeito manteve relação sexual com
uma mulher, porém contra-atacou informando que seu cliente está sendo vítima de
uma armação de cunho politico.
O Superintendente de Polícia Civil do Interior,
Dicival Gonçalves, informou que Ribamar Alves e a suposta vítima, já se encontram
em São Luís, para que sejam feitas as averiguações e a realização os
exames no Instituto Médico Legal (IML), a fim de apontar se houve ou não abuso.
Em 2015, a juíza de Santa Inês Larissa Tupinambá,
denunciou Ribamar Alves por assédio sexual contra a magistrada. Por conta
disso, ele foi condenado pelo Tribunal de Justiça e a pena dele foi
transformada em doação de cestas básica a instituições de caridade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *