A Prefeitura de São Luís e
Governo do Estado se unem, em mais uma parceria, para promover o maior carnaval
de todos os tempos, com muita alegria, pluralidade, diversidade e segurança
para a população. Durante encontro com a imprensa, realizado nesta sexta-feira
(30), na Biblioteca Benedito Leite, foi apresentada a programação do carnaval
deste ano, que tem como tema “Carnaval de Todos – Juntos Fazemos a
Festa”.
A apresentação da campanha
foi feita pelo presidente da Fundação Municipal de Cultura (Func), Marlon
Botão, com a secretária de Estado da Cultura, Ester Marques, e os secretários
de Comunicação do município, Batista Matos, e do Estado, Robson Paz. O tema
“Carnaval de Todos – Juntos Fazemos a Festa” chama a atenção para a
parceria do poder público. A programação será aberta a partir da próxima
sexta-feira (06).
A secretária de Estado da Cultura, Ester Marques, disse que o governo está trabalhando em um carnaval de mais justiça social, e a primeira discussão foi em relação ao circuito da Rua que ficava próximo a hospitais,
considerando que não era mais possível levar para esses locais trios pesados e
bandas que pudessem incomodar os pacientes.
Nesses espaços só irão
passar grupos de percussões. Também foi feita a opção de mudar o circuito que
acontecia no Centro Histórico, para preservar o patrimônio arquitetônico,
direcionando-o para um novo circuito, que começa na Deodoro, passando pela
Praça João Lisboa, e terminando no Mercado Central.
A marca do carnaval 2015 faz
uma alusão ao fofão e ao carnaval de todos, bem colorido, de maneira a
simbolizar a diversidade do povo e as brincadeiras. A marca também representa a
unidade e o sentimento de parceria institucional para promover uma festa de
todos.
Na passarela, nos bairros, e
no tradicional circuito de rua do Centro, a folia deve reinar a partir de
sexta-feira (6), com cortejo de grupos populares saindo da Praça Deodoro até a
Praia Grande, seguido da entrega da chave da cidade ao rei Momo, no tradicional
baile da corte momesca, a ser realizado na Patrimônio Show.
A programação segue nos dias
7 e 8, com os Bailes dos Artistas, da Feliz Idade, e do Erê, todos na
Patrimônio Show. A folia tomará conta das praças e ruas nos bairros do Anjo da
Guarda, Estiva, Cidade Operária, João Paulo, Bairro de Fátima, Liberdade, Vila
Embratel, Maiobão e Madre Deus.
Passarela
Dia 12 será a abertura oficial da Passarela do Samba, no Anel viário, com cinco
dias de desfiles previstos. A abertura será com desfile das tribos de índio e
turmas de samba. No dia 13 será a vez do desfile e concurso dos blocos
tradicionais do bloco B; dia 14 dos blocos A; nos dias 15 e 16, desfile e
concurso dos blocos organizados e escolas de samba e, encerrando a programação,
dia 17, desfile dos blocos afro e alegorias de rua.
A estrutura da passarela tem
capacidade de público de 9 mil pessoas e conta com 36 camarotes para 20
pessoas, cada; oito cabines de jurados; 2.500 cadeiras de pistas; e quatro
arquibancadas com capacidade de 6 mil lugares, cada.
Circuito de Rua
De 13 a 17, toda a
diversidade cultural tomará conta das ruas do centro da capital. Além dos shows
de cantores maranhenses na Praça Deodoro, haverá dois corredores da folia. O
primeiro, com animação dos blocos Alternativos, sairá da Praça Deodoro, seguirá
pela Rua da Paz e Praça João Lisboa, com dispersão no final da rua Magalhães de
Almeida. O segundo, continua pela Rua do Passeio e segue pela Praça da Saudade,
com dispersão na Madre Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *