“Documentos esclarecem pouco sobre o Estado”, diz Marcelo Tavares sobre informações repassadas por Roseana

 

As
informações enviadas à Equipe de Transição de Flávio Dino não corresponderam às
expectativas. Esta foi a avaliação do deputado Marcelo Tavares – coordenador da
Equipe de Transição de Flávio Dino e próximo chefe da Casa Civil do Maranhão.

Após
mais de 15 dias de espera desde o primeiro encontro entre a equipe de Flávio
Dino e a representante do governo Roseana Sarney, Anna Graziella, os membros do
atual governo enviaram a Marcelo Tavares os documentos solicitados em ofício
entregue pelo deputado no dia 14 de outubro.

Para
planejar os primeiros dias do próximo governo e evitar imprevistos
administrativos, a Equipe de Transição designada por Flávio Dino requereu a
Anna Graziella uma série de documentos que têm por objetivo fazer uma transição
republicana e ordenada entre o atual e o próximo governo.

No
entanto, somente nove de um total de 32 solicitações foram entregues na manhã
desta quinta a Marcelo Tavares pela equipe de Roseana Sarney. O deputado
afirmou em entrevista que o material era insuficiente e a maior parte dele está
disponível publicamente.

“Esses
documentos são de acesso público e nós já o tínhamos nos nossos trabalhos.
Continuamos aguardando que o atual governo colabore com um trabalho que
beneficiará a todo o povo do Maranhão”, disse. Para ele, é hora de dispensar as
opções políticas e fazer com que as equipes trabalhem de forma colaborativa.

Dados
importantes como a folha de pagamento do Estado, a execução orçamentária atual,
informações sobre contratos, convênios, precatórios, demonstrativo de obras e
as ações prioritárias de cada pasta não foram repassados à equipe do próximo
governo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *