Investigação de assaltos à agência dos Correios é de responsabilidade da Polícia Federal

Compete
à Polícia Federal as investigações de roubos a empresas públicas federais, a
exemplo da Caixa Econômica Federal e das agências dos Correios.

De
acordo com informações repassadas pelo chefe do Departamento de Combate a Roubos
a Instituições Financeiras (DCRIF), delegado Tiago Bardal, em cidades do
interior do estado do Maranhão onde não há sede da Polícia Federal, a Civil faz
os levantamentos preliminares e posteriormente envia um relatório à PF com tudo
o que foi colhido.

Ainda
segundo o delegado, no caso de ocorrências desta natureza em São Luís, não há
necessidade de deslocar uma equipe da Polícia Civil ao local do delito, pois há
uma sede da Polícia Federal na cidade. O delegado informou que em todas as
ocorrências, tanto no interior quanto na capital, a Polícia Militar se faz
presente para garantir a segurança do local e efetuar diligências no intuito de
capturar os criminosos.

A
segurança no interior da agência é competência do banco. “Segurança é
responsabilidade de todos, conforme o artigo 144 da Constituição. As
instituições financeiras devem investir em segurança, modernizando os caixas
eletrônicos, colocando dispositivos, contratando vigilantes e investindo no
sistema de monitoramento”, pontuou o chefe do DCRIF.

O
comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar, Tenente-coronel Pedro de Jesus
Ribeiro, informou que o policiamento na Avenida São Luís Rei de França, na área
da agência dos Correios, que foi assaltada na tarde da última quarta-feira
(30), é realizado pela viatura do Turu; pela equipe do Albatroz, com policiais
motorizados; e reforçado pela equipe da Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam),
que atua de maneira ostensiva nos corredores de segurança da Região
Metropolitana de São Luís.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *