Dilma e a Copa: “a imprensa nacional errou bastante”

A
presidente Dilma Rousseff aproveitou a convenção nacional do PCdoB, que ocorreu
ontem em Brasília, para fazer um desabafo em relação ao comportamento da
imprensa brasileira na fase que antecedeu a Copa do Mundo de 2014.

“O
Brasil está dando um show. Estamos mostrando para o mundo que tem um problema
aqui e o problema é o seguinte: não é só a imprensa internacional que errou. A
imprensa nacional também errou bastante, digo isso sem nenhum ânimo
belicoso”, disse ela.

Dilma
também se referiu ao artigo de uma colunista da Folha, Mariliz Pereira Jorge,
que disse ter se arrependido por embarcar na onda dos que previam caos na Copa
(leia mais aqui). “Vi uma manifestação na internet de um
grupo, uma mulher que dizia que era a Copa dos arrependidos, dos que não se
prepararam para usufruir o que significa essa Copa, de não ter tirado férias,
de não ter comprado ingresso, de não ter tomado providência para ir para às
festas e participar desse clima maravilhoso”, disse Dilma.

No
discurso, também sobrou para o ex-jogador Ronaldo, que disse ter
“vergonha” do Brasil, antes do início da Copa. “Estamos dando
uma goleada descomunal nos pessimistas, nos que tinham complexo de vira-latas e
naqueles que se envergonharam desse país maravilhoso. É neles que demos uma
goleada e agradecemos ao povo brasileiro”.

Ela,
no entanto, não quis fazer prognósticos para a partida de hoje, entre Brasil e Chile.
“Presidente não arrisca placar. Bate na madeira, onde tem madeira?”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *