Juiz determina a prisão domiciliar do “carga torta”, baleado em confronto com a polía no Bairro de Fátima

 Idifusora


O juiz Gilberto de Moura Lima concedeu o benefício da
prisão domiciliar para Márcio de Jesus Mendes, 33, o carga torta ou Márcio
patrão, que foi baleado durante uma operação da Seic na rua do peixe, no bairro
de Fátima.

Márcio foi levado primeiramente para o hospital
Socorrão I  e no último sábado foi transferido para o Socorrão II. Márcio
foi aguardado na porta do hospital, por policiais da Superintendência de
Polícia Civil da capital que tentaram levá-lo para a delegacia, mas seu
advogado de defesa impediu já que estava de posse do documento que concedia a
prisão domiciliar assinado pelo juiz Gilberto de Moura e por outro assinado
pela Sejap tomando conhecimento da decisão judicial.

Ainda hoje, Márcio deverá procurar o Ministério
Público, acompanhado de seu advogado, para tomar outras providencias.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *