Morre, aos 69 anos, Reginaldo Rossi de câncer no pulmão

O Brasil perdeu, na manhã desta sexta-feira (20), aos 69 anos, um ícone da verdadeira música popular brasileira, o cantor
e compositor Reginaldo Rossi. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI)
do Hospital Memorial São José, na área central do Recife, desde 27 de novembro.
Na
quinta-feira (19), sofreu uma piora no quadro clínico
.

Durante o tempo em que ficou internado, Reginaldo Rossi foi
submetido a uma cirurgia para retirada de um nódulo na axila direita. A biópsia
confirmou o diagnóstico de câncer. Ele também passou por um procedimento
chamado de toracocentese, para drenar líquido acumulado entre a pleura e o
pulmão.

Nascido no Recife,
o cantor e compositor conhecido faria 70 anos em fevereiro. Começou a carreira
pelo rock e foi crooner em boates, mas foi no brega que se consagrou.

Entre os maiores sucessos do “Rei do Brega” estão, além de “Garçom”, “A
raposa e as uvas”, “Em plena lua de mel” e “Leviana”.
Ele continuava fazendo shows pelo Brasil, apresentando o mais recente álbum,
“Cabaret do Rossi”. Nos dias 21 e 22 de novembro, Reginaldo Rossi tocou no
Manhattan Café Teatro, na capital pernambucana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *