Governadora tem três dias para se manifestar sobre matanças em presídios maranhenses



A visita foi realizada na sexta-feira (20)
Uma nova vistoria foi realizada no Complexo
Penitenciário de Pedrinhas, pela comissão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ)
e do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Após a visita, a comissão se reuniu com a governadora
Roseana Sarney, para solucionar o caos do Complexo Penitenciário. Segundo a
comissão, a governadora do Maranhão tem três dias para se manifestar sobre matanças em presídios maranhenses. As
informações prestadas poderão subsidiar um eventual pedido de intervenção
federal no estado devido à situação dos presídios.

A última
visita da comissão foi em outubro, a governadora disse que regularizaria a
situação dos presídios maranhenses e se comprometeu em construir 11 cadeias, em
seis meses.

Naquele mês, o Ministério Público Federal e a
Defensoria Pública da União encaminharam representação ao procurador
pedindo  intervenção federal na administração penitenciária do Maranhão.

Desta vez, o relatório da vistoria será encaminhado ao
presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, e para o
procurador-geral da república, Rodrigo Janot. Ambos vão decidir se haverá ou
não intervenção federal nos presídios do Maranhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *