Antônio Pereira participa do primeiro transplante renal de Imperatriz

O deputado Antônio Pereira
(DEM) participou na manhã desta sexta-feira (29), no Hospital Santa Mônica, da
primeira cirurgia de transplante renal, realizada pelo Sistema Único de Saúde
(SUS), da história da medicina do Município de Imperatriz, na região Tocantina.

O democrata comemorou o
sucesso da cirurgia e destacou que a implantação do serviço de transplante
renal é um marco na história da saúde pública de Imperatriz, que vem recebendo
atenção especial da governadora Roseana e do secretário de Saúde, Ricardo
Murad.

 Para Antônio Pereira,
a efetivação do transplante renal significa uma conquista para o povo da região
Tocantina, especialmente o de Imperatriz, e uma vitória para os médicos
urologistas e nefrologistas, que lutaram pelo serviço e tiveram sucesso na
cirurgia.      

O parlamentar reconhece que
o município de Imperatriz mantém uma estrutura básica de atendimento aos 390
pacientes com problemas renais crônicos, que recebem tratamento por meio do
SUS, e têm acesso a consultas, acompanhamento e hemodiálise.

Antônio Pereira lembra que
até o dia de hoje os pacientes com problemas renais de da região Tocantina
crônicos eram obrigados a se deslocar a São Luís e Fortaleza, para fazer o
transplante renal, por meio do Tratamento Fora do Domicílio (TFD).   

 A EQUIPE

A equipe que participou da
histórica cirurgia de transplante renal da cidade de Imperatriz foi composta
dos médicos cirurgiões Erisvaldo Santos, Valdir Lopes, Alair Firmino, Jadeir
Lopes, André Campelo, Carlos e Dantas e do médico gastroenterologista e
deputado estadual Antônio Pereira.

Também participaram da
equipe a assistente social Socorro Marques, a psicóloga Venúzia Milhomem, a
farmacêutica Teofília Monteira, a enfermeira Diane Souza, e os anestesistas
Douglas, Eliane e Joyce. O paciente foi José Carlos Souza Costa, de 31 anos,
que passa bem e se recupera da importante cirurgia.
          

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *