Protesto da BR – 135 acaba em confronto com PM

Imirante

A manifestação dos moradores da Vila Itamar que teve
início por volta das 6h, durante esta sexta-feira (28) na BR-135 terminou
somente depois que a tropa de choque da Polícia Militar chegou ao local e
entrou em confronto com o grupo de manifestantes que não cederam às negociações
que a comissão já havia feito.

No início da manhã, o grupo de manifestantes queimaram
pneus, formando uma barreira no local. Eles protestavam contra a falta de
ônibus, ruas esburacadas e má qualidade nas áreas de saúde e educação.

Uma comissão feita pelos moradores do local se
reuniram no posto da PRF com representantes de algumas secretarias da capital.
Durante a reunião os moradores entregaram uma pauta de reivindicações, depois
de duas horas de conversa a comissão e os representantes da secretaria de
segurança e de obras chegaram a um acordo, marcando reunião com os
manifestantes da Vila Itamar, na próxima semana.

A comissão, ao chegar à BR-135 para informar sobre os
acordos feitos na reunião, parte do grupo dos manifestantes não cedeu com as
negociações, alegando que a comissão não representava a comunidade. Com isso, a
entrada e saída da capital ainda continuaram interditadas, causando um enorme
engarrafamento por local o local.

A tropa de choque da PM foi chamada e depois do
conforto entre manifestantes e policiais, os dois sentidos da BR-135 foi
liberada. Durante o conforto dois ônibus foram apedrejados pelos manifestantes
que tentavam atingir os policiais, mas algumas bombas de efeito moral foram
lançadas contra os manifestantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *