Mais bandidos nas ruas: sete detentos fogem de Pedrinhas, chefe de segurança é afastado

 

Sete
detentos fugiram do Complexo Penitenciário de Pedrinhas neste fim de semana.
Três presos fugiram no domingo (28) e quatro nesta segunda-feira (29).
Após a
fuga dos detentos, a Secretaria de Estado da Justiça e (SEJAP) afastou o chefe de
segurança do presídio e revelou que foi aberto inquérito administrativo para
investigar as fugas.
Os internos,
Pedro Edson Coelho, o “Pedro Alagado” Richardson Dean Gomes Silva, vulgo
“Recheio”; e Aleilson José Silva Castro, fugiram no domingo (28), através de um
buraco feito na cela 19 que levava até um local desativado do estabelecimento
penal.
Já na
madrugada desta segunda-feira (29), os fugitivos foram: Jefferson Robson
de Araújo, Artur José de Oliveira, Amilton de Jesus França e Danilo de Sousa
Araújo. Eles conseguiram cerrar as grades da cela.
Até agora nenhum preso foi capturado.

Nota:
“A Secretaria de Estado de Justiça e Administração
Penitenciária (Sejap) informa o afastamento do chefe de Segurança e do chefe de
Plantão da Penitenciária de Pedrinhas e a abertura de inquérito administrativo
para apurar duas fugas de detentos, ocorridas nas madrugadas de domingo (28) e
segunda-feira (29). Os dois funcionários ficarão à disposição da Corregedoria
do Sistema Penitenciário.
Nas ocorrências, 7 internos fugiram, sendo 3 da Penitenciária
de Pedrinhas e 4 do  Centro de Detenção Provisória (CDP), também instalado
no complexo penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.
Os internos Richardson Dean Gomes Silva, o “Recheio”; Pedro
Edson Coelho, o “Pedro Alagado”; e Aleilson José Silva Castro fugiram, neste
domingo (28), por um buraco feito na cela 19 da Penitenciária de Pedrinhas e
que levava até um local desativado do estabelecimento penal, de onde foi efetuada
a fuga.
Na madrugada desta segunda-feira (29), fugiram do Centro de
Detenção Provisória (CDP), os internos Jefferson Robson de Araújo, Artur José
de Oliveira, Amilton de Jesus França e Danilo de Sousa Araújo. Eles conseguiram
cerrar as grades da cela. Buscas estão sendo empreendidas para recapturar os
detentos ao presídio.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *