Petrobras busca parceria para Refinaria Premium I, confirma ministra à governadora

 

Durante audiência, nesta quarta-feira (27), em
Brasília, a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior,
comunicou àgovernadora Roseana Sarney que a presidente da Petrobras, Graça
Foster, está na Ásia, onde negocia parcerias com investidores para a construção
da Refinaria Premium I, em Bacabeira. Segundo Roseana Sarney, a ministra
confirmou que já há investidores interessados em ser parceiros da Petrobras na
construção da Refinaria Premium I, até porque é um projeto estratégico para o
país.


“Há um reconhecimento da Petrobras de que a crise existe, mas já existe uma
sinalização de que essa parceria será concretizada e o Maranhão terá a
viabilização desse importante projeto”, assinalou a governadora.

Nesta quinta-feira (28), o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, garantiu,
durante entrevista coletiva no programa Bom Dia Ministro, que o Governo
Federal está tomando todas as providências para a instalação das refinarias do
Maranhão, Ceará, Pernambuco e Rio de Janeiro. “Essas refinarias são importantes
para atender as necessidades internas”, ressaltou.

O ministro Lobão admitiu problemas de finanças enfrentados pela Petrobras, mas
garantiu a participação de uma empresa asiática no projeto de instalação das
refinarias no Brasil. “Não há nenhuma intenção de paralisar a do Maranhão, nem
a do Rio de Janeiro e a de Pernambuco”, assegurou ele, afirmando que o projeto
das refinarias é uma necessidade para o país.

Refinaria

A Refinaria Premium I é o maior projeto de refino de derivados de petróleo
na América Latina, com investimento estimado em R$ 40 bilhões. A obra
encontra-se em fase de terraplanagem, em Bacabeira, município distante 60km de
São Luís.

O
empreendimento, quando estiver em operação, terá capacidade para processar 600
mil barris/dia de petróleo, tendo com os produtos finais GLP (Gás de cozinha),
Nafta, Bunker, Coque, Querosene de Aviação (QAV) e Diesel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *