Após denúncia, Polícia prende homem portando arma de fogo na Divinéia

Arielton Barros de Aguiar
foi preso por policiais do Serviço de Inteligencia, na noite deste sábado, na
Rua Jaú, na Divinéia, na invasão conhecida como Marrocos, por porte ilegal de armas. Com o indivíduo foi
apreendido um revólver calibre 38.

A polícia chegou ao local após receber denúncia de
que estava sendo comercializado entorpecente no local e que Arielton estava
preparado para vingar a morte de um comparsa, identificado como Raimundo Nonato
Serra Gomes, vítima da guerra do tráfico.

Raimundo estava internado no Hospital Muncipal Dr.
Clementino Moura, O Socorrão II, depois e ter sido ferido a tiros. Seu corpo
deu entrada no Instituto Médico Legal (IML), na madrugada deste sábado. Com a
morte dele, o mês de setembro já registra mais de 70 assassinatos.

Arielton é morador da Rua Maria Alice, n° 4,
Divinéia. Ele foi apresentado no Plantão Central do Cohatrac.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *