Comissão de delegados deve ouvir Cutrim em seu gabinete na AL

A
definição da data depende do próprio Cutrim, devido à prerrogativa de foro que
lhe garante a condição de deputado.

Dep. Raimundo Cutrim

O deputado Raimundo Cutrim (PSD) deve
esclarecer sobre acusação feita pelo pistoleiro Jhonatan Souza, de suposto
envolvimento em morte do jornalista Décio Sá, à comissão de delegados que
investiga a morte do jornalista Décio Sá, em seu gabinete na Assembleia. A
informação é do jornal O Estado do
Maranhão.

A polícia só ainda não definiu a
data, que depende do próprio Cutrim, devido à prerrogativa de foro que lhe
garante a condição de deputado. Os delegados querem, primeiro, colher mais
informações a respeito do caso.
O deputado Raimundo Cutrim (PSD) não
compareceu à sessão de ontem da Assembleia Legislativa, um dia depois do
discurso em que atacou o secretário Aluísio Mendes (Segurança). Mas admitiu,
por telefone ao O Estado, ter
errado a mão ao usar palavrões na tribuna, o que constrangeu os seus colegas.
imirante.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *