Corredor de ônibus custará R$ 169 milhões

A obra vai facilitar a circulação de ônibus e
beneficiará pelo menos 450 mil habitantes de 44 bairros de São Luís

A Prefeitura de São Luís divulgou nesta
segunda-feira uma fotografia da maquete de como será o Corredor Urbano de
Transporte da capital, cuja finalidade é agilizar a circulação dos ônibus. A
obra será construída com recursos do PAC da Mobilidade Urbano, no valor de R$
169 milhões.



Este arrojado projeto foi contemplado com R$ 169 milhões



A grande avenida terá 10 estações de embarque e
desembarque de passageiros, passarelas, uma estação de transbordo, ciclovias,
11 bicicletários (estacionamento para bicicletas), corredores exclusivos de
ônibus e estrutura de elevação, com sistema de acessibilidade, numa área de
influência de 44 bairros – o que corresponde a 450 mil habitantes.

O prefeito João Castelo determinou à sua equipe
técnica que sejam acelerados todos os procedimentos para a implantação do novo
Corredor Urbano de Transporte da capital maranhense.

Este arrojado projeto foi contemplado com R$ 169
milhões de recursos federais, assegurados durante cerimônia presidida pela
presidente Dilma Roussef, no Palácio do Planalto, na última terça-feira (24).

“Este projeto representa uma obra da maior
importância em termos de trânsito, de mobilidade, de acesso e de travessia
urbana para a nossa cidade, que se prepara para celebrar 400 anos. São
melhorias essenciais para o trânsito da nossa capital, incluídas no Programa de
Aceleração do Crescimento (PAC) graças ao empenho da nossa equipe na elaboração
de cada um destes projetos”, ressaltou Castelo.

O prefeito explicou que o novo Corredor Urbano de
Transporte, que ligará o bairro da Cohab ao Centro – via interligação com a
Ponte do São Francisco – contará com uma extensa malha viária para o transporte
urbano de massa, com ciclovias e estações de embarque e desembarque, no total
de 12,37 km de vias.

O processo de licitação da obra, o tempo previsto de execução do projeto é de
dois anos. A primeira etapa da obra inicia-se na Avenida Ferreira Gullar
(interligando-se com a ponte do São Francisco), cruza a Avenida Carlos Cunha e
segue até a Cohab, margeando o Rio Anil, num total de 12,37 km de vias sem
cruzamentos de nível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *