Flanelinha morre após ser atingido por golpes de faca no centro de São Luís

Segundo a polícia, populares
disseram não ter visto quem esfaqueou o flanelinha

O
flanelinha Mamede Teixeira Soares, de 45 anos, morreu na noite de ontem (30),
após ser atingido com vários golpes de faca, principalmente nas costas e
braços. O crime aconteceu por volta das 20h20, na Rua da Paz – centro de São
Luís, tendo a vítima caído na porta do Armazém Paraíba.

Segundo o
sargento Nina que ocupava a viatura 962 – Alemanha, do 9º BPM, populares
disseram não ter visto quem esfaqueou Mamede Soares, somente que olharam ele
correndo do banco Itaú em direção ao Paraíba, até cair na porta da loja de
móveis, deixando um rastro de sangue na calçada. Junto com o soldado Froes, o
sargento Nina fez os primeiros levantamentos no local do homicídio até a
chegada dos peritos do Instituto de Criminalísticas (Icrim) e os removedores do
Instituto Médico Legal (IML).

O
delegado Gutemberg Carvalho Rego, do Plantão Central da Beira-Mar, também foi ao
local e acompanhou a perícia no corpo do flanelinha. De acordo com Gutemberg
Carvalho, a morte de Mamede pode estar relacionada com disputa por carros, com
droga ou alguma confusão envolvendo o filho da vítima, que estava próximo ao
corpo do pai, mas disse não ter visto nada. (Jornal pequeno)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *